exemplos de renda fixa

Qual a melhor criptomoeda para investir e tudo o que você precisa saber para decidir a hora exata de comprar

Quais são os melhores ativos digitais financeiros? Como escolher o melhor e saber exatamente o momento de comprar? Conheça as melhores estratégias do mercado cripto.

 

O mercado de criptomoedas brasileiro já é o quinto maior do mundo. São mais de 10 milhões de investidores que escolheram as moedas digitais como fonte de recursos que visam a valorização desses ativos para obter ganhos financeiros – o que, por se tratar de ativos com alta volatilidade, nem sempre ocorre.  

 

Segundo a Forbes, o mercado cripto é tão representativo para o cenário brasileiro que já supera a tradicional bolsa de valores, a B3, que atualmente conta com 4 milhões de investidores.

 

Embora seja um mercado com crescimento exponencial e atrativo para investidores iniciantes de diferentes perfis, há muitas dúvidas sobre cada tipo de moeda, qual a melhor criptomoeda para investir e como escolher o momento de compra da moeda. Vamos além do Bitcoin e apresentar as tendências que estão nas carteiras de investidores profissionais.

Melhores criptomoedas para investir

Bitcoin (BTC)

A principal moeda do mercado cripto surgiu em 2009, após a grande crise imobiliária que afetou os EUA. O mercado inteiro de Bitcoin está avaliado em torno de R$ 2,104 trilhões, enquanto uma única unidade está em cerca de R$ 110 mil (valor válido para outubro de 2022), maior valor individual de cripto.

 

Por ser uma das moedas digitais mais valiosas do mercado, há algumas regras que organizam seu bom funcionamento para as plataformas de criptomoedas

 

  • Ela pode ser negociada em pequenas frações, com representatividade de 0,00000001 BTC, nomeadas de “satoshis”;
  • A oferta de Bitcoin é limitada, ou seja, foi estabelecido um limite de emissão da moeda virtual em 21 milhões de bitcoins. Atualmente, existem aproximadamente 19 milhões de Bitcoins.

Ethereum (ETH)

A moeda foi criada com o objetivo de ser uma alternativa ao Bitcoin. Por isso, outras moedas além da mais popular são conhecidas também como altcoins, como é o caso da Ether, lançada pelo programador russo Vitalik Buterin, em 2015.

 

A Ethereum representa um ecossistema financeiro amplo, cuja moeda nativa é a Ether. Além de representar uma forte alternativa ao Bitcoin, a Rede Ethereum promove o incentivo de outros serviços descentralizados, como jogos e aplicativos. 

 

O ecossistema ainda contempla o desenvolvimento de contratos inteligentes com altos níveis de segurança e privacidade, fomentando um cenário de maior autonomia para transações e meios de pagamento como empréstimos e seguros.

Tether (USDT)

A Tether surgiu em 2014, criada pelos empresários Brock Pierce, Reeve Collins e Craig Sellars, o principal objetivo da moeda é ser uma stablecoin (moeda estável) e ser mais parecida com uma moeda fiduciária.

 

Por isso, ao ser criada foi batizada de RealCoin, pois a ideia é que a Tether seja proporcional ao preço do dólar em uma escala de 1:1. Essa semelhança é o que proporciona menor oscilação à moeda.

USD Coin (USDC)

Outra moeda de tipo stablecoin, a USD Coin também surgiu em 2014 com o mesmo propósito da Tether: oferecer aos investidores uma carteira mais estável que mescla tanto dólares quanto títulos de tesouro estadunidenses. A USDC foi lançada pela Circle, empresa que possui outros tokens como a EUROC (Stablecoin ligada ao preço do ouro)

Binance Coin (BNB)

Inicialmente, a Binance Coin surgiu para ser operada dentro do mesmo código da Ethereum, no ano de 2017. Isso mudou rapidamente e, atualmente, ela é uma forte altcoin no mercado, servindo para compra e venda de até 150 tipos de criptomoedas em sua própria plataforma.

 

Qual o momento certo de comprar criptomoedas?

De forma geral, a principal indicação dos especialistas sobre o momento de compra e venda de ativos resume-se em: vender em momentos de alta rentabilidade e comprar nos momentos de baixa.

 

A recomendação é importante, mas, na prática, há mais nuances que você deve conhecer e aplicar durante as transações.

 

A operação de criptomoedas é mais complexa e exige atitude estratégica dos investidores. Por isso, as ferramentas de acompanhamento de trade e cripto serão as melhores aliadas de quem deseja escolher a melhor criptomoeda para investir e obter sucesso com ativos digitais.

 

E, claro, conte com uma corretora de criptomoedas confiável e segura que oferecerá todo suporte e assistência necessárias para que você invista em diferentes criptomoedas e garanta maior segurança em criptos guardadas em uma carteira. Além disso, é possível aproveitar outros benefícios como rendimento, pagamentos em cripto, entre outros.  

 

Conforme você aprofundar conhecimentos e se sentir mais confiante, invista em plataformas mais completas e pagas, mas que te darão uma visão mais profissional do investimento, com diferentes gráficos e orientações de investimento.

 

Outra dica de ouro sobre o momento ideal de comprar criptomoedas é que não é aconselhável colocar todo o dinheiro do investimento de uma só vez no ativo. Ou seja, faça compras “em parcelas” na mesma cripto. Em um cenário volátil como o das criptos, ao agir assim você garante um preço médio de compra com menos oscilação.

 

O mais importante é se manter conectado ao que está acontecendo no mercado, com a geopolítica e nas relações internacionais que podem impactar na operação da moeda. Não deixe de acompanhar as opiniões de especialistas e observar o comportamento de outros traders.


Publicado

em

por

Tags:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *