Descubra algumas dicas para calcular o capital de giro da sua empresa

0
219
empréstimo para empresa
empréstimo para empresa

Para garantir o sucesso do seu negócio é necessário ficar atento a todos os processos que envolvem a sua empresa. Situações internas e externas podem ser afetadas de forma positiva ou negativa, e não podem passar despercebidas. É indispensável buscar constante renovação, caso seja preciso reestruturar seu planejamento e procurar conhecimento para essas etapas tão importantes do seu negócio.
Existe uma satisfação de bater a própria meta, alcançar um objetivo estabelecido para sua empresa. Mas, não se pode permitir que isso seja o limite alcançável. Uma ótima maneira de gerar capital e focar no crescimento da empresa é o capital de giro.
Afinal, o que é Capital de Giro?
O capital de giro é o montante de dinheiro que a empresa utiliza para realizar suas atividades, pagamento de contas e despesas como dinheiro do caixa, estoque e variáveis. Dessa forma, auxilia a empresa a suprir necessidades e corresponde aos bens e direitos de curto prazo da empresa, que podem ser transformados em caixa.
O capital de giro é considerado um recurso de notas resgatáveis ou sob a forma de dinheiro no banco, muitas vezes uma pequena empresa pode não ter capital de giro suficiente para mantê-la em funcionamento até atingir o ponto de equilíbrio.
Conheça a sua função
O capital de giro pode ser útil para diversos processos dentro de uma empresa. Pagamento das contas de energia elétrica, de telefone, pagamento de salário de funcionários e fornecedores, são algumas das utilizações do capital de giro.
Ele também permite que o empresário negocie melhores condições com seus fornecedores para a formação de estoque, insumos e matéria-prima. Com isso o seu negócio será capaz de oferecer aos clientes melhores condições e melhores prazos de pagamento.
Calculando
Calcular o capital de giro não é uma função tão difícil. Porém, é necessário saber com qual tipo de capital de giro está lidando para aplicar a fórmula correta. Separamos a seguir alguns conceitos:
1 – Capital de giro
O capital de giro é responsável pelas operações de um negócio. O valor necessário para manter os processos funcionando em relação ao pagamento de fornecedores. Além disso, diz respeito também à construção e manutenção de estoque e estruturas da empresa e prazo de pagamento.
Mas como calcular?
Ao calcular o capital de giro de um negócio, na verdade está realizando um cálculo da necessidade de capital de giro (NCG). A necessidade de capital de giro é o montante mínimo que uma empresa deve ter guardado em seu caixa. Esse valor serve para manter a empresa em funcionamento, assegurando assim as operações necessárias dentro da empresa.
Para realizar o cálculo, é preciso fazer também os outros dois tipos de capital de giro, pois um influencia diretamente o outro. Se o resultado do cálculo de necessidade de capital de giro (NCG) for negativo, significa que a empresa precisa de entrada de capital financeiro de fora, como por exemplo um empréstimo. Assim, a empresa irá recuperar o fôlego para que consiga pagar todas as suas contas, fazendo com que o financeiro se recupere.
Entretanto, se o cálculo da NCG resultar em um valor positivo, significa que não existe a necessidade de capital de giro externo. Nesse caso, o produto do cálculo será o valor que a empresa tem para investir tanto quanto em outros negócios ou em si mesma.
Veja o que é capital de giro próprio
O capital de giro próprio determina a origem do dinheiro que irá realizar a manutenção do negócio. O empresário pode fazer os cálculos e perceber que pode aplicar dinheiro no capital de giro com recursos da própria empresa sem a necessidade de fazer um empréstimo.
No caso de após a análise realizada for identificado a necessidade de solicitar crédito, pesquise por opções que são mais atrativas financeiramente. Existem atualmente no mercado muitas opções de empréstimo para empresas com taxas de juros mais atrativas e que podem solucionar as questões do seu negócio.

E o capital de giro líquido
O capital de giro líquido é o valor necessário para a garantia da continuidade dos processos de uma empresa. É responsável também pelas despesas administrativas como salários e impostos.
E como posso calcular?
Toda empresa deve estar preparada para eventuais emergências e imprevistos. Além disso, é preciso separar também um valor para o capital de giro inicial dessa empresa de acordo com o seu segmento de mercado.
Uma loja no shopping que vende óculos de sol, precisará repor o seu estoque periodicamente, ou de acordo com a demanda de vendas, pagar as despesas da loja, aluguel, limpeza, os salários dos funcionários, o marketing para divulgação. Principalmente nos primeiros meses do seu negócio, será necessário um capital de giro para essas despesas que não dependa exclusivamente do faturamento inicial.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here