Temperaturas baixas dificultar o crescimento de tumores, revela estudo

0
29

Estudo feito por especialistas do Instituto Karolinska, na Suéciaindica que as temperaturas mais frias podem dificultar o crescimento de células cancerígenas em camundongos.

O resultado da pesquisa, publicado na revista científica Natureza, revela que o frio ativa a gordura marrom, parte do tecido adiposo responsável pela produção de calor corporal. Esse calor consome os açúcares dos quais os cânceres precisam para prosperar. Ou seja, quando ativado pelo frio e pode competir pela glicose marrom, o tecido pode ajudar a estimular o crescimento dos tumores.

publicidade

Os cientistas comparam o ritmo de crescimento das células malignas e as taxas de sobrevivência dos camundongos, quando expostos a temperaturas quentes e frias. Os roedores que ficaram em casa os 4°C tiveram mais crescimento das células tumorais e viveram o dobro dos que ficaram expostos a uma temperatura de 30°C.

Com o auxílio de exames de imagem, foi possível identificar que o mundo pode ser, que é uma beleza adiposa, adiposo, ficando quase nada mais frio, quando o que é grande para crescer.

Para colocar a teoria na prática, os pesquisadores removeram a gordura marrom de alguns animais benéficos: e o efeito benéfico aditivado pelos animais foi identificado como sendo o tecido aditivado mais marrom, os tumores tiveram uma taxa de crescimento semelhante aos que foram expostos a temperaturas mais altas.

Estudo em humanos

Os testículos também foram realizados em humanos. Ao todo, sete voluntários voluntários: um com Câncer e os outros seis que ocupam. Por meio de peças relevantes por emissão de pósitron), os pesquisadores identificaram uma quantidade relevante de gordura no pescoço, duas semanas e duas peças de tamanho dos animais que foram expostos a uma temperatura de 16 °C.

Já o paciente com câncer foi exposto em locais com duas temperaturas diferentes: 22°C por uma semana e depois a 28°C por quatro dias. Com isso, foi possível observar o aumento marrom e a redução da captação da glicose do tumor durante mais fria.

Yihai Cao, está um dos autores da pesquisa, otimista de que a terapia fria pode fazer um tecido adiposo com outras maneiras de ajudar no tratamento contra o câncer.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no Youtube? inscreva-se no nosso canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here