Há 20 anos, falecia a maior referência de Felipão no Grêmio

0
26

[ad_1]

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Ninguém tem dúvidas de que Luiz Felipe Scolari é um dos maiores treinadores da história do Grêmio. Em quatro passagens como comandante do Imortal, o gaúcho acumulou os títulos da Copa do Brasil (1994), da Copa Libertadores da América (1995), do Campeonato Brasileiro (1996) e da Recopa Sul-Americana (1996), além do Gauchão nos anos de 1987, 1995 e 1996.

No entanto, a jornada de Felipão dirigindo o Tricolor começou muito antes dele iniciar a sua carreira. Isto porque quem pavimentou o seu caminho no clube gaúcho foi o seu maior mestre e influência, o ex-treinador “Capitão” Carlos Benevenuto Fröner, que falecia aos 82 anos há exatos 20 anos, no dia 21 de agosto de 2022 — curiosamente cerca de dois meses depois da conquista do pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira, quando Scolari era o técnico.

Muito emocionado, Scolarivoltou às pressas de Fortaleza — onde comandava o Brasil em um amistoso comemorativo em homenagem ao título mundial — para o enterro do seu mentor, em Porto Alegre. Na capital gaúcha, Fröner atingiu destaque dirigindo o Grêmio nas temporadas de 1964, 1965, 1967, 1970, 1973, 1974 e 1984, sendo campeão do Campeonato Gaúcho nos três primeiros anos.

Além disso, o ex-técnico ainda atingiu a segunda colocação da Libertadores da América em 1984, quando o Tricolor perdeu a final para o Independiente, da Argentina.

Na história do Grêmio: Fröner e Felipão chegaram a trabalhar juntos em Caxias do Sul

Tendo abandonando a carreira de técnico em 1995, aos 76 anos de idade, Carlos Fröner ficou marcado na história do Grêmio e do Rio Grande do Sul como um dos maiores instrutores do “futebol-força”, estilo que ficou enraizado na cultura gaúcha e acabou influenciando diversos treinadores ao longo dos anos.

Um deles foi justamente o ex-zagueiro Felipão, que foi treinado pelo “Capitão” em 1978, no Caxias. Desde lá, até os tempos de Tricolor, Luiz Felipe Scolari nunca mais esqueceu-se dos ensinamentos do seu grande inspirador.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here