Após descumprir promessa em 2022, Bolsonaro diz que servidores públicos terão reajuste em 2023

0
30

Candidato à reeleição (PL) disse na quarta-feira (17) que o governo ainda não foi definido qual será porcentual o reajuste salarial aos servidores públicos, publicados em 2023, mas que a medida está garantida.

“Quero dizer aos servidores públicos que vão reajustar no ano que vem. Não definimos o porcentual ainda. Bem como teremos o candidato à reeleição em evento com prefeitos no Hotel Royal Tulip, em Brasília.

Bolsonaro primeiro, prometeu em 2021, um reajuste específico para policiais ainda vinculados ao Ministério da Justiça (Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal vinculada). Mas voltou atrás dos outros servidores disponíveis, que seriam removidos, que seriam removidos, e que foram retirados da cadeia um reajuste linear de 5% para todo o Executivo em 2022 — e de compromisso com o compromisso.

Ao san a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023, presidente vetou não só um reajuste específico a funcionários vinculados ao Ministério da Justiça ano, mas também a das carreiras da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

A sugestão de veto do Ministério da Economia para os vetos diziam que a proposta original do governo para a LDO de 2023 já previa a autorização para reajustes e reestruturações de carreiras para “a administração da administração pública, por óbvio, inclui os órgãos mencionados ”.

Após sancionar a LDO de 2023, o governo agora tem até o fim do mês para enviar ao Congresso o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) do próximo ano. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o governo ainda não definido a qual será o valor previsto para Auxílio Brasil, apesar do curto para finalizar a peça orçamentária.

(Com Estadão Conteúdo)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here