5 maiores canhotos que passaram pelo Grêmio

0
29

[ad_1]

Imagem: Masahide Tomikoshi/Arquivo Pessoal

Entre as diversas equipes vitoriosas formadas pelo Grêmio ao longo dos quase 119 anos de história, jogadores de muita qualidade técnica e que usavam a perna estavam presentes. As características destes atletas condizem geralmente com a posição de meia, a peça cerebral de todo e qualquer escrete.

Maiores canhotos que passaram pelo Grêmio

Mário Sérgio (1983)

Mário Sérgio já era um jogador consagrado, da Seleção Brasileira, quando foi contratado pelo Grêmio para disputar uma única partida, a final do Mundial de 1983. Com toda a sua experiência, Mário foi um dos destaques na vitória gremista sobre o Hamburgo por 2 a 1.

Carlos Miguel (1992-1997)

Formado na base do Grêmio, o meia Carlos Miguel fez parte de um elenco de reconstrução, que vinha de um rebaixamento no início dos anos 1990. Em 1995, o então jogador colaborou para o desempenho da equipe na conquista da Copa Libertadores da América.

Zinho (2000–2002)

Tetracampeão do mundo com a Seleção Brasileira, o meio-campista Zinho chegou ao Grêmio no ano de 2000. Um ano depois de sua chegada, foi campeão com propriedade da Copa do Brasil em duelo feito contra o Corinthians. Zinho era o capitão da equipe comandada por Tite.

Zé Roberto (2012–2014)

Mesmo sem títulos conquistados vestindo a camisa Tricolor, Zé Roberto teve uma passagem memorável pelo clube gaúcho. Ele foi um dos líderes da equipe em campanhas de 2012 a 2014. Na Arena do Grêmio, recém inaugurada, Zé Roberto teve seu papel fundamental no clube.

Douglas (2010–2012, 2015–2018)

Maestro Douglas é um dos personagens mais peculiares do passado recente do Grêmio. Chegou pela primeira vez em 2010, porém, o auge de sua passagem foi em 2016, com a conquista do pentacampeonato da Copa do Brasil.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here