4 jogadores da base do Grêmio que já conquistaram algum título na Europa

0
33

[ad_1]

Como sabemos, a categoria de base do Grêmio é uma das maiores do Brasil e que já realizou grandes transações para o futebol europeu. O Portal do Gremista separou alguns atletas da base do Tricolor Gaúcho que já conquistaram algum título no Velho Continente.

Jogadores da base do Grêmio que já levantaram caneco na Europa

Arthur Melo (volante)

Arthur ganhou a Copa do Brasil, em 2016, a Libertadores, em 2017, a Recopa e o Gauchão, ambos em 2018. Com todos esses títulos, muitos rumores rodearam o atleta e a saída dele para o exterior foi inevitável. Dessa forma, o jovem volante foi vendido para o Barcelona, da Espanha, com a expectativa de ser um dos principais jogares de articulação do novo momento que clube estava prestes a iniciar.

Em sua passagem, Arthur realizou até uma boa quantidade de jogos, teve um certo destaque, mas ficou pouco tempo na Espanha. No entanto, deu tempo de conquistar títulos importantes. Por lá, o volante venceu a Supercopa da Espanha, em 2018, e a La Liga, em 2018/19.

Pepê (atacante)

Ele estreou no time principal do Grêmio em 2017, mas só no ano seguinte foi aproveitado com mais frequência. Em 2020, Pepê assumiu o protagonismo da equipe com a venda de Everton Cebolinha ao Benfica. Após o bom destaque, o atacante assinou contrato com o Porto, de Portugal, por cinco anos, e deixou o Tricolor Gaúcho no segundo semestre de 2021. Recentemente, o avante conquistou o título do Campeonato Português e a Taça do Portugal pelo Porto.

Ronaldinho Gaúcho (meio-atacante)

A carreira profissional de Ronaldinho iniciou-se no time do Grêmio, tendo como seu primeiro treinador Sebastião Lazaroni. Sua primeira aparição como profissional ocorreu em 1998, na Copa Libertadores da América, onde logo sua habilidade e genialidade passou a ser percebida pelos amantes e de futebol do Brasil e do exterior começaram a ser notados por gigantes clubes.

Por conta do sucesso meteórico, o atleta despertou o interesse do futebol europeu e foi para o Paris Saint Germain, da França. Apesar dos diversos imbróglios envolvendo o negócio e a saída do atleta, R10 jogou no Grêmio até o ano de 2001, mas logo em seguida se apresentou no clube europeu.

No entanto, as conquistas e o ápice do atleta vieram nos tempos de Catalunha, na Espanha. Pelo Barcelona, clube que voltou ao patamar mais elevado do futebol graças ao dentuço, conquistou a Champions League, em 2006. Ronaldinho também venceu a La Liga e Super Copa da Espanha pelo Barça, além de uma Série A, com o Milan, da Itália.

Anderson (meio-campo)

Aos 11 anos, Anderson começou a jogar nas categorias de base do Grêmio, tendo assinado o seu primeiro contrato profissional em 2004, com apenas 16 anos. No ano seguinte, foi negociado com o Porto em junho de 2005, mas ficou até o final da temporada atuando no Brasil.

Na temporada 2006–07 se destacou muito na pré-temporada, inclusive em um torneio preparatório onde atuou contra o Manchester United. Com isso, o brasileiro chamou a atenção do lendário treinador britânico, Alex Ferguson. E não deu outra, pois logo na sequência, aos 19 anos, Anderson foi contratado pelo United, ao lado do meia português Nani, no dia 30 de maio de 2007, por 31,5 milhões de euros. O jogador ajudou a equipe inglesa nas conquistas da Premier League, Champions League e Super Copa da Inglaterra.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here