Pesquisa descobre PREFERÊNCIA do consumidor: veja qual é brasileiro

0
12

A alta da inflação preferência do consumidor brasileiro que passou a fazer mais compras no supermercado e deixar o delivery de lado. A informação foi constatada pela pesquisa Análise do Comportamento de Consumo do banco Itaúapresentando os destaques do segundo trimestre de 2022.

Pesquisa descobre PREFERÊNCIA do consumidor: veja qual é brasileiro
Pesquisa descobre PREFERÊNCIA do consumidor: veja qual é brasileiro. (Imagem: FDR)

A pesquisa de preferência do consumidor também indica um maior consumo de fast food, aluguel de roupas de festa, câmeras, microfones e consultas oftalmológicas.

O levantamento acerca da preferência do consumor leva em consideração como operações realizadas mediante o uso dos cartões de crédito e débito dos clientes do banco Itaúbem como a movimentação nas maquininhas da marca Rede.

De acordo com o Diretor de Cartões do Banco Itaú, Mário Miguel, os dados representam uma mescla nos modelos de consumo. Isso quer dizer que, ao mesmo tempo em que mais consumidores estão nas ruas fomentando como vendas em lojas físicas na margem de 28%outros 43% escolha a conveniência do consumo online que continua avançando.

“Com mais gente no presencial, o consumo de entrega cai [recuo de 26% em valor] eo de fast-food sobe [56%]”, diz Miguel.

Em resumo: quem volta para o presencial está optando por uma comida mais barata. Enquanto isso, como compras nos supermercados aumentaram um aumento de 23% em valor, sim da queda no tíquete médio em 2%.

Sem duração, as compras parceladas nos mercados foram elevados em 4%indicando que o consumidor preza pela variedade nos pontos de venda em busca de preços mais acessíveis.

Observe a relação de valores transacionados entre trimestres e serviços:

Categoria Variação do 2º trimestre de 2022 sobre o 2º trimestre de 2021
Supermercados 23
Comida rápida 56
Entrega -26

O levantamento um não comercializa negócios: alta de 28% no número de transações não segundo trimestre de 2022 frente ao mesmo período de 2021 e aumento de 35% sem valor transacionado. Como compras parceladas representam 52% do total no segundo trimestre deste ano, contra 49% do segundo trimestre de 2021.

Preferência do consumidor também afeta meios de pagamento

O consumidor também já deixou claro a preferência pelo Pix como principal meio de pagamento. popularização do sistema de pagamento rápido A dizimado o uso de cédulas e moedas.

Clique aqui e aperte o botão “Seguir” para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O formato se equipara ao debito em 12%enquanto 76% continuam fiéis ao crédito. A pesquisa ainda um de 193% no valor transacionado para os cartões virtuais e 136% nas carteiras digitais.

“É a transformação da tendência de digitalização das formas de pagamento, inclusive em busca de maior segurança”, diz Miguel.

Laura Alvarenga

Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia – MG. Começou a carreira de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenhou na carreira de jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here