iFood acaba de ser vendido: entendido o motivo

0
25

Saiba qual a venda do iFood e como são o motivo do principal produto de entrega de comida Brasil.

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

A grande empresa holandesa Prosus, controladora da Movile, fechou um acordo para comprar a fatia remanescente de 33,3% no iFood. Até então a empresa era de propriedade do acionista minoritário Just Eat Holding Limited.

Assim, com a negociação, a Prosus, empresa de serviços de internet, passará a deter 100% no iFood.

Qual o motivo da venda do iFood?

Segundo a Just Eat, o valor arrecadado com a venda ajudaria no pagamento das dívidas, já que as ações da empresa caíram quase 80% no ano passado e os investidores pressãoam uma companhia a vender os ativos a fim de aumentar a confiança dos acionistas.

Negociações do iFood

É preciso destacar que o acordo prevê o pagamento de 1,5 bilhões de euros em dinheiro, além de um valor adicional de 300 milhões de euros. Ou seja, R$ 9,4 bilhões, sendo R$ 7,8 bilhões a participação da Just Eat no iFood e um potencial adicional de R$ 1,6 bilhão.

Sendo assim, os termos de negociação avaliam o iFood, a empresa dona do aplicativo principal de entrega de comida no Brasil, entre R$ 23 milhões e R$ 28 milhões.

Fabricio Bloisi, o fundador da empresa Movile, afirmou que “Em um ambiente cada vez mais competitivo, o investimento da Movile certo reforça que seguimos no caminho e que estamos fazendo a diferença como empresa brasileira de tecnologia de referência em delivery online na global e em impacto no ecossistema”.

Além disso, é preciso destacar o iFood, além de entrega de alimentos, investir no delivery de mercado e em fintechcom o iFood benefícios.

iFood e Prosus

A Prosus investiu no iFood pela primeira vez, através da Movile, em 2013. Em agosto de 2021, a Movile recebeu aporte no valor de R$ 1 bilhão da Prosus para estimular o crescimento das startups do grupo. Dentre essas startups pode-se citar: iFood, Zoop, MovielPlay, Mensajeros Urbanos, Moova e Afterverse, entre outras.

Além disso, de acordo com a reportagem do “Valor Econômico”, além da Movile, dona do iFood, estão como OLX, Creditas e Kovi entre as investidas da grande holandesa Prosus.

Assim, o iFood reúne, atualmente, 330 mil estabelecimentos parceiros. Além de 200 mil entregadores, pedidos de 40 milhões de consumidores e 70 milhões de meses por mês consecutivos mais 1.700 municípios do Brasil.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Sidney de Almeida / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here