CBLOL 2022: RED supera a KaBuM! e avança pela chave inferior dos playoffs | Campeonatos

0
25

UMA Canídeos VERMELHOS Kalunga venceu um KaBuM! Esportsneste sábado (20), e avançou pela chave inferior dos playoffs do Campeonato Brasileiro de Liga dos lendários (CBLOL). Nesse cenário, quem teve uma melhoria regular foi corrigir os erros das partidas iniciais e corrigir uma melhor idade para a série em 3–1 e eliminar a KaM! da competição

O próximo compromisso da Matilha será contra a FURIA Esports no próximo sábado (27) também valendo a permanência nos playoffs da segunda etapa. Antes, jogo paiN e ALTO duelam neste domingo (21) pela primeira vaga na grande final. Lembrando que a transmissão é realizada nos canais oficiais do CBLOL na Contração muscular e não Youtube. Veja, a seguir, os destaques da série entre RED e KaBuM.

Na boa série, RED bateu a KaBuM! por 3–1 e avançou para encarar a FURIA na próxima — Foto: Divulgação/CBLOL

O primeiro duelo foi preenchido de idas e vindas, e uma quantidade de abates bastante acima da média em partidas profissionais. A RED teve um começo mais favorável, com Daniel “Grevthar” Xavier, superando o duelo na rota do meio Bruno “Hauz” Felberge (Ahri), e Gabriel “Aegis” Saes (Trundle) punindo as investidas de Na “Wiz” ” Yoo-joon (Nidalee) pela rota superior. Ainda pelo early game, um KaBuM! respondeu em um mergulho para cima de Alexandre “TitaN” Lima (Lucian) na rota inferior e com um matar duas vezes para Hauz (A) em uma tentativa de invasão da RED em sua selva.

Os Ninjas adquiriram mais recursos, controlaram os primeiros dragões e tiveram mais vantagem nas lutas. No entanto, aos 21 minutos de jogo, Grevthar (Swain) executou uma iniciação quase perfeita para fazer a RED uma luta e dar início à reação. Entre lutas e pickoffs, um KaBuM! seguiu resistindo e chegou a assustar a Matilha em chave, mas a linha de frente realizada pelo Ornn de Guilherme “Guigo” Ruiz fez toda a diferença para impedir a virada e levar a vitória do primeiro jogo para o RED.

Linha de frente do Ornn de Guigo foi crucial para o sucesso da RED no confronto — Foto: Divulgação/CBLOL

O segundo duelo teve uma postura mais cadenciada por parte de ambas as equipes, que tiveram que contar com seus respectivos caçadores para acelerar um pouco o ritmo desse confronto. Nessa batalha, Na “Wiz” Yoojoon (Wukong) foi bem mais impactante, pois localizou bons pickoffs e ainda atormentou a vida de Gabriel “Aegis” Saes (Jarvan IV) com constantes invasões na selva adversária. Nesse, a RED teve um jogo inicial dos objetivos neutros, encontrado melhor os dois primeiros dragões e ainda ficou com o primeiro arauto, mas seu bom momento parou por aí.

Um KaBuM! deu aulas de lutas de equipamento e controle de mapa, e não deu espaços para seus aparelhos se recuperarem. A Matilha ainda teve duas boas oportunidades de rebelião. A primeira foi na luta pelo terceiro dragão, que foi frustrada pela final perfeita da Orianna de Bruno “Hauz” Felberge quando a RED se encontrou na vantagem. A segunda-feira um retirada em Hauz (Orianna), mas Wiz (Wukong) estava implacável e fez a KaBuM! renascer na luta. Sem dificuldades,bastou para os Ninjas empurrarem empatarem a RED para a série.

Marcando 13 abates com seu Wukong, Wiz foi o destaque absoluto do segundo duelo da série — Foto: Divulgação/CBLOL

Logo no primeiro minuto de jogo, uma introdução do que estava por vir. Igor “DudsTheBoy” Lima (Sivir) e Gabriel “Scuro” Scuro (Yuumi) foram pegos na posição e foram abatidos para Alexandre “TitaN” Lima (Zeri) e Daniel “Grevthar” Xavier (Ahri). Com a rota do meio e a rota inferior da RED mais controladas, Aegis” Saes (Viego) focou suas atenções na rota superior e pegou dois abates em Lee “Parang” Sang-won (Sejuani). Porém, o topo da KaBuM! não deu vida fácil para Guilherme “Guigo” Ruiz (Camille) e chegou a abater seu rival em um duelo 1v1.

Parang (Sejuani) era a esperança dos Ninjas para mudar o cenário da partida, mas uma tentativa desastrosa de mergulho do jogador ao lado de Bruno “Hauz” Felberge (Vex) fez ele perder toda a vantagem que havia adquirido. A Matilha disponível para muito inteligente oferece um League of Legends, com destaque ou controle de visão para qualquer espaço surpresa dos Ninjas, e não deu para a KaBuM! se reerguer. No final, com 26 a 5 no placar final de abates, a RED desempatou a série e chegou ao ponto que decide o jogo.

Em uma partida onde todos os jogadores da RED jogaram muito bem, Grevthar foi escolhido o destaque com sua Ahri — Foto: Divulgação/CBLOL

Para a quarta partida, duas campeãs com poucas aparições no CBLOL 2022: Vi para Na “Wiz” Yoo-joon e Nillah para Alexandre “TitaN” Lima. Inicialmente, a Vi de Wiz conseguiu impor sua proposta de jogo e, ao mesmo tempo, mostrar o potencial da campeã que ainda não venceu no torneio. Como emboscadas do jogador deram para o KaBuM! um bom número de abates e o controle do arauto. Contudo, a RED focou nos primeiros dragões e conseguiu recursos para manter o ouro empatado nesse Começo de Jogo.

Enquanto isso, TitaN teve uma atuação distinta com Nilllah nos primeiros minutos e teve dificuldades de lidar com toda a capacidade de isso se empenhar da KaBuM. Porém, 25 minutos, o atrativos da RED respondeu com excelência ao se empenhar headset com sua ultimate e deu todo o espaço para sua equipe brilhar e ficar com o Barão. O jogo se manteve muito equilibrado, mas a RED teve sua paciência recompensada com uma bela luta na reta final para chegar à vitória no jogo e na série.

KaBuM! não conseguiu superar o RED, caiu por 3–1 e foi eliminado do CBLOL 2022 — Foto: Divulgação/CBLOL

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here