Abertura, projeto de avião supersônico que terá o dobro de velocidade

Voar semper fascinou o ser humano com a invenção do avião isso se tornou possível. Contudo, realizado com esse sonho, o exemplo ser humano começou a pensar em como melhorar essa realidade, como por, tentar encurtar ao máximo uma viagem avião.

Nesse ponto, a Boom Supersonic, startup americana, promete que um voo de Miami para Londres dure apenas cinco horas. A empresa trabalha com o projeto do avião supersônico Abertura que, de acordo com a própria, pode atingir aproximadamente 1.800 milhas por hora.

Esse avião ainda não existe, assim mesmo ele já atrai o interesse das companhias aéreas. De acordo com a Boom, entre as compras confirmadas e as opções de compra que podem ser feitas futuramente, já existem 130 encomendas por American Airlines, United Airlines e Japan Airlines.

Avião

G1

A 1, por exemplo, cerca de 7 aviões, a velocidade máxima de avião é de 1, ou 1 vez a velocidade de Mach (ou 18 km a velocidade de 18 km) ) representa aproximadamente 1.800 km/h. Essa aeronave tem 7.867 km de autonomia e capacidade para transporte de 65 a 80 passageiros;

Além disso, o avião tem 61 metros de comprimento e 32 metros de largura. Seu voo está previsto para 2026, e os primeiros passageiros serão enviados até 2029. E o primeiro momento 130 unidades já foram encomendadas pela American Airlines, United Airlines e Japan Airlines.

Segundo a Bloomberg, cada avião supersônico será vendido por 200 milhões de dólares, cerca de um bilhão de reais.

Menos tempo

G1

O objetivo é que essa aeronave diminua pela metade o tempo de viagem de mais de 600 rotas pelo mundo. Além do voo de Miami para Londres, que diminuiria de 10 para cinco horas, a startup também cita como exemplo uma viagem de Los Angeles para Honolulu, que iria de seis para três horas de duração.

Segundo seus fabricantes, a Overture irá alcançar o dobro da velocidade dos aviões comerciais mais rápidas quando estiver sobrevoando ou mar. E em terra, essa aeronave terá o desempenho 20% superior às demais.

Na segunda-feira, a American Airlines anunciou que fez um pagamento não-reembolsável à Boom Supersonic por 20 unidades do avião. Esse acordo firmado entre as empresas ainda prevê uma opção de compra de mais outras 40 aeronaves no futuro.

Avião sucessor

O hoje

O Overture pode ser um sucessor para o Concorde, que foi um avião supersônico comercial que voou por 27 anos, até que entrou em operação em 2003. No entanto, esse avião antigo tinha apenas 14 unidades operando comercialmente.

Agora, o objetivo do Boom Supersonic é levar seu avião supersônico para uma base maior de clientes. Por conta disso, a empresa está estudando a criação de uma versão militar do avião depois que firma um acordo, em julho, com a empresa americana do ramo de defesa.

Projeto

Futurismo

Esse projeto da Boom Supersonic parece estar no caminho certo para se tornar realidade. Mas a empresa que já não pensou em ser um avião mais rápido do que foi escolhido como único.

Por exemplo, os cientistas chineses também tiveram um design para um avião supersônico. As pesquisas na área de hipersônicos não são, mas na maioria dos voos que estão concentrados na área de operações em aparelhos militares, já existem uma pressão menor por muitos recursos financeiros.

Quando se fala em velocidade, uma das referências usadas é a do som, ou um Mach, que corresponde a aproximadamente 1.235km/h. A supersônica é aquela fica entre um Mach e cinco Mach, assim como a do Concorde. Já a hipersônica é aquela que está acima de cinco Mach, que foi atingida apenas por pequenos veículos experimentais.

Um tempo na Academia Chinesa de Ciências tem se dedicado bastante a essa velocidade. Um dos maiores desafios para isso é a aerodinâmica. O segundo obstáculo é o motor, um problema mais difícil de resolver do que o design da aeronave.

Chamado de I-plane, o avião é um modelo biplano parecido com as naves usadas durante a Primeira Guerra Mundial. Ele possui camadas de asas que possuem duas turbulências e cria mais sustentação. Ele também consegue transportar mais carga do que outras aeronaves hipersônicas. Mesmo assim, esse modelo de avião hipersônico ainda não se tornou uma realidade.

Fonte: G1, Futurismo

Imagens: G1, Futurismo, O hoje


Publicado

em

por

Tags:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *