A prefeitura do Rio de Janeiro confirmado, na quinta-feira (23), mais dois casos de variola dos macacos movidos a residentes do município. Os pacientes, um homem de 25 anos e outro de 30, não possuem histórico de viagem internacionalou seja, possivelmente ocorreu dentro do estado.

Além deles, mais casos três foram informados em São Paulo. Todos os pacientes são do sexo masculino e também foram considerados autóctones, isto é, com transmissão local.

publicidade

Segundo informações da Agência Brasil, ao total, o já soma 16 casos registrados da doença, conforme informado o Ministério da Saúde. As ocorrências estão distribuídas entre São Paulo, que possui 10 casos, Rio Grande do Sul, com dois, e Rio de Janeiro, agora com quatro registros.

Varíola dos Macacos
Varíola dos macacos: Brasil registra os primeiros casos de transmissão local. Imagem: diy13 / Shutterstock

Todos os pacientes estão em isolamento domiciliar e sendo monitorados diariamente. Segundo a secretaria de apresentação da saúde do RJ, eles boa evolução clínica. O órgão também informou que está monitorando pessoas que tiveram os infectados.

Até o momento, não há no país registro de casos que evoluíram para uma situação grave. Tanto o Ministério da Saúde como as autoridades sanitárias sanitárias e municipais têm quadros clínicos leves e estáveis. Na Europa, onde estão concentrados mais de 80% das ocorrências do surto atual, também não há notificação de óbitos.

Leia mais!

Conhecida internacionalmente como monkeypox, a variola dos macacos é endêmica em regiões da África, no entanto, a Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou este que não vai haver mais diferenças entre países endêmicos e não endêmicos na divulgação de dados sobre a doençaresultando em uma resposta unificada sobre o vírus.

Novos casos de macacos foram detectados em maio e nos Estados Unidos, gerando uma Europa sanitária internacional. Desde então, segundo a OMS, mais de 2 mil casos já foram notificados em mais de 40 países.

Já assistu aos novos vídeos no Youtube do Olhar Digital? inscreva-se no canal!