Por Ricardo Brito

(Reuters) – Um incêndio em um centro de reabilitação para dependentes químicos na noite de quinta-feira matou 11 pessoas em Carazinho, no noroeste do Rio Grande do Sul, autoridades do Corpo de Bombeiros local.

A tragédia ocorreu no Centro de Tratamento e Apoio Químico (Cetrat), no Bairro Vila Rica. Segundo o Instituto-Geral de Perícias Gaúcho, duas equipes de perícia trabalham no local do incêndio.

“Todos os Postos Médicos-Legais da região foram acionados para vítimas e reconhecimento das vítimas”, informou o órgão, em sua conta no Twitter.

O governador do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), disse em sua conta no Twitter que acompanha, o atendimento prestado desde os primeiros momentos da madrugada.

“Nossa solidariedade aos familiares, amigos e vítimas, assim como nossas recomendações a pronta recuperação dos feridos”, afirmou.