Confiança do consumidor no Brasil avança em distinção mas destaca diferenças, mostra FGV – Money Times

0
2

loja Varejo
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da FGV teve alta de 3,5 pontos em junho e foi a 79,0 pontos, marcando o melhor resultado desde a leitura de 81,8 vista em agosto de 2021 (Imagem: Pixabay/webandi )

UMA confiança dos consumidores avanço avanço tanto para o melhor nível de junho em meados do ano passado com o aprimoramento da percepção sobre o momento atual quanto para o futuro, dados da segunda Fundação Getúlio Vargas divulgados nesta sexta-feira.

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da FGV teve alta de 3,5 pontos em junho e foi a 79,0 pontos, marcando o melhor resultado desde a leitura de 81,8 vista em agosto de 2021.

No entanto, a coordenadora das sondagens, Viviane Seda Bittencourt, destacou sinais de muita heterogeneidade na percepção do consumidor.

“Mesmo considerando o pacote de incentivos financeiros, a avaliação sobre a situação no momento pelos consumidores com baixa renda enquanto suas perspectivas sobre os próximos meses continuarão bastante voláteis, continuando a aumentar a incerteza”, disse ela em nota.

“Já os consumidores com a situação financeira mais elevada melhoraram a situação financeira e, pelo segundo mês, elevam suas intenções de compras, possivelmente afetarão o estímulo dado pelo governo”, completou.

Em junho, o Índice de Situação Atual (ISA) avançou 1,3 ponto, para 70, pontos, melhor resultado desde 2021. O Índice de Expectativas (IE), por sua vez, avançou 4,9 pontos e chegou aos 85,9 pontos.

Siga o Money Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas e leitores do Money Times. Nosso tempo traz as mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e vistas de tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Siga agora a página do Money Times no Facebook!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here