Mais de um ano para pagar!

0
4

A campanha Serasa Limpa Nome traz uma oportunidade de quitação de mais de 2 milhões de dívidas. Veja as opções de pagamento.

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Dados do Serasa apontam que existem 65,7 milhões de pessoas endividadas no Brasil. O valor médio das dívidas ultrapassadas R$ 4.000. Diante desse cenário, foi lançada uma campanha para limpar o nome dos desenvolvedores. Mais de 2 milhões de dívidas poderá pagar em 14 vezes ou mais.

O levantamento que os dados demorados são muito próximos da expectativa é de que até o final do ano o valor da dívida, cresça.

Nome Serasa Limpa

A campanha Separa Limpa Nome traz opções de pagamento e tem o objetivo de remover o nome de devedores de mais de 100 empresas parceiras.

Além da opção de parcelamento em 14 vezes ou mais, há outras formas em aberto. Mais de 1.400 dívidas podem ser quitadas entre 6 e 13 vezes. Outras 1.200 suportam a possibilidade de quitação entre 2 e 5 vezes. Aqueles que escolherem o pagamento à vista, também encontrarão muitas ofertas na campanha. Existem opções de quitação a partir de R$ 9,90.

De acordo com os gerentes do Serasa, são mais de R$ 3,8 bilhões de acordo com os valores das dívidas. intuito é de que os consumidores possam voltar para o mercado econômico mais tranquilo.

Como negociar?

As opções de negócio podem ser consultadas através dos canais oficiais do Serasa, no aplicativo, pelo Whatsapp (11) 99575-2096 ou pelo telefone 0800 591 1222. Além de agências dos Correios espalhadas pelo país. O aplicativo está disponível para iOS e Android.

Depois de informar seu CPF, seus dados financeiros apresentados junto com as formas de acordo. A própria plataforma do Serasa gera os boletos para pagamento, com os respectivos prazos. Os pagamentos podem ser realizados tanto online quanto em agências Bancos ou casas lotéricas.

Inadimplência em alta

O crescimento da inadimplência ea expectativa de alta renda são justificadas pela baixa, diante do cenário econômico, com inflação alta e juros altos.

Conforme informações da Boa Vista, empresa de dados cadastrais, o número de inadimplentes voltou a crescer em maio deste ano. Em comparação a um ano atrás, o registro de dívidas subiu 12,7% e continuou.

Economistas que afirmam em momentos que a economia está fragilizado, o consumidor prefere atrasar contas do dia a dia, como água e luz, do que manter as dívidas em bancos, o que gera uma inclusão, de forma mais rápida, nos serviços de proteção ao crédito. É preciso ter o “nome limpo” para conseguir parcelar as demais necessidades de consumo.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Alison Nunes Calazans / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here