Guedes Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-caminhoneiro de R$ 1,00

0
3

Crédito: Wilson Dias / Agência Brasil

O Pix Caminhoneiro, de R$ 1.000, cobre a alta do preço do diesel, segundo o ministro da Economia Paulo Guedes (Crédito: Wilson Dias/Agência Brasil)

O valor do Auxílio Brasil deve aumentar de R$ 400 para R$ 600. Além disso, o governo vai lançar o Auxílio-Caminhoneiro de R$ 1.000, batizado de “Pix Caminhoneiro”, para cobrir a alta do preço do diesel, o batizado de “Pix Caminhoneiro”, para cobrir a alta do preço do diesel, o batizado de “Pix Caminhoneiro” Ministro da Economia Paulo Guedes. Pelas contas do governo, esse valor pode ajudar a diminuir em 20% o custo médio dos caminhoneiros por mês. As informações são do Uol.

Guedes também defendem o valor do auxílio-gás, atualmente de R$ 53 bilhões.

O governo pretende medidas no lugar da proposta que prevê uma compensação financeira aos estados zerarem ou Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos compostos até o fim do ano.

+ Cenário hostil esfria boom brasileiro de startups e demissões já somam mais de 3 mil

Para que, a necessidade de redução do ICMS tenha alguns benefícios no curto prazo e, com a troca, não dependeria dos reguladores para reduzir os preços dos medicamentos na bomba. Para a base do governo federal, os governadores estão judicializando a questão do ICMS e politizando o discurso.

O Ministério da Economia estima que o aumento do Auxílio Brasil teve um custo de R$ 22 bilhões para o Tesouro. Já o Auxílio-Caminhoneiro custa R$ 5 bilhões.

Os recursos são oferecidos para a União Extraordinária de Estatais, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Ao todo, considerando todas estatais, o espera que a União receba mais de 20 milhões de reais como extraordinários.

O governo rebate como características críticas de que as medidas, que terão validade só até 31 de dezembro, têm caráter eleitoral. Segundo o governo no Congresso a iniciativas para benefícios sociais, em meio a crise de fome no Brasil debater no meio a crise de fome no voto contra as.



LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here