Foi liberado uma imagem que revela um momento raro na vida dos leões. Diversos animais da espécie foram vistos sobre uma árvore, a aproximadamente 6 metros de altura.

O momento foi registrado pela fotógrafa de vida selvagem e guia de safári Hannah Strand. Acreditase que os leões estão tentando escapar do calor do meio-dia no parque nacional do Serengeti, na Tanzânia.

O clique foi compartilhado no Instagram da profissional: “Essa árvore tem a favorita para estes leões sidos”, informa a legenda da publicação. O texto ainda apontava “três leoas e poderosas e suas ninhadas de filhotes, totalizando 12, saindo com os machos e enquanto se mantêm ocupados promovendo o território.”

Segundo o tabloide Daily Mail, a raridade da foto está relacionada ao peso do felino, que costuma variar entre 113 kg e 181 kg. Isso pode representar um grande desafio na hora de escalar algo.

“Os leões são ‘gatos’ incrivelmente impressionantes”, disse Hannah, segundo o noticiado pela publicação. “Não são apenas grandes e musculosos, a maneira como interagem, seus laços sociais, são fascinantes de Testemunhar.”

O site especializado em safáris Discover Africa afirma que os “leões escaladores” são encontrados apenas em algumas regiões da Tanzânia e oeste da Uganda. Eles também podem ser vistos pontualmente no Parque Nacional Kruger, na África do Sul.

Além de fugirem do calor da savana africana, os especialistas acreditam que esse comportamento também os protege de picadas de insetos.

Leões sofrem ataque de hipopótamo no rio na África

Foto: UOL

Recentemente, os leões chamaram a atenção em outro clique raro. Um vídeo mostra um trio de felinos dessa espécie se preparando para atravessar um rio em Botsuana, na África. No entanto, um hipopótamo que se banhava nas águas se enfurece e parte para cima dos leões.

Um dos leões retorna para a margem, enquanto os outros dois, que já estavam no meio do curso d’água, são atacados ferozmente.

Um felinos consegue se de vencilhar do ataque do hipopótamo, dos felinos para outra margem do rio. Mas o outro acaba sendo mordido pelo animal e trava uma luta para se livrar dos ataques. Em seguida, ele consegue alcançar a margem do outro lado do rio e correr, ainda cambaleante, já em segurança.

O vídeo foi compartilhado por Yashar Ali, colaborador da revista New York Magazine e do portal The Huffington Post. Logo, o registro viralizou nas redes sociais. No Brasil, uma cena rara foi compartilhada pela bióloga Fernanda Rennó.

“Eles são extremamente territorialistas e agressivos quando provocados a biólogas”, “Um detalhe que chamou a atenção foi a velocidade com que ele se move na água. O mais fascinante nisso tudo é que hipopótamos não nada no sentido próprio da palavra. Eles são muito densos e mantêm contato com o fundo para se locomover. Então, geralmente correm ou saltam.”

Nos comentários, muitas pessoas ficaram surpresas com a força e a ferocidade do hipopótamo por conta do ataque contra o leão.

“Quem é o rei da selva, afinal?” foi uma das perguntas mais frequentes nos comentários postados pelos usuários do Twitter.

O hipopótamo

Foto: imagexphoto/envato

Algumas pessoas ficaram surpresas com um hipopótamo assustando três leões. É preciso destacar que esse animal tem mandíbulas poderosas. De acordo com especialistas da National Geographic Society, uma mordida de um hipopótamo equivale a uma pressão de 825 kg, sendo considerada uma das mais fortes do mundo.

O nome hipopótamo significa “cavalo do rio” na língua grega. Esses animais gostam de ficar submersos em açudes e rios e podem até gostar de relaxar na água. No entanto, é preciso lembrar que eles são um dos bichos mais agressivos da Terra.

Os hipopótamos predominantes herbívoros e construir uma canoa ao meio uma morte.

A National Geographic informou que os hipopótamos matam mais pessoas na África do que qualquer outra doença, exceto uma malária.

Fonte: R7, UOL