Corinthians não deve permanecer no emulador de cenário

0
2

Conforme apurado pelo Tropa Free Fireo Corinthians não deve seguir exercendo atividades no emulador de cenário. Seguindo fontes ouvidas pelo portal, um dos motivos para tal, é segundo a diretoria, o que desta modalidade não gera retorno suficiente para o projeto se mantivesse.

+ NOISE tem recursos com Mito
+ Bak exalta rivalidade entre Fluxo, LOUD e Los: “Sem torcida, não tem jogo”

O BDL, que é o nome usado pelo Timão nos campeonatos emuladores, voltou à ativa no início de janeiro. Onde, na ocasião, a anunciou o elenco que era uma das sensações do momento, os trabalhadores que ocupavam Deuses e prontos para construir o primeiro presencial da equipe Liga NFA.

Algumas outras soluções já foram suficientes, também podem ser emuladas anteriormente, sob tutela de que a modalidade não retornou suficiente. Bastardos (B4), Vivo (Vivo Keyd), Astronautz (INTZ) e Elite (Tropa) são algumas das equipes que não exercem mais atividades neste quesito.

Quer saber mais sobre Free Fire? Siga a Tropa Free Fire nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter!

O Tropa Free Fire entrou em contato com os representantes da organização, que até o presente momento da publicação desta matéria, ainda não respondeu à reportagem. Em caso de qualquer resposta, o Free Fire sobre a saída do cenário emulador do Corinthians poderá sofrer alterações.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here