A companhia aérea colombiana Viva, que se autodenomina uma empresa de baixo custo, começou nesta quinta-feira (23) suas operações no Brasil, com saídas do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo).

A empresa terá voos para Colômbia e conexão para Estados Unidos, México, Peru e República Dominicana. O trecho São Paulo-Medelín, por exemplo, passará a partir de US$ 269 (ida e volta).

Segundo a companhia é inicialmente, três voos em aeronaves modelo Airbus A320neo.

Não, Viva terá capacidade para transporte 188 Passiros por voo partindo do Brasil. Aérea planeja abrir 30 novas rotas nos próximos anos.

“A Viva é uma empresa que trabalha para promover a inclusão de pessoas aéreas, permitidas como mais graças aos benefícios do modelo ultra low-cost”, afirma, em nota, o Presidente e CEO do grupo, Félix Antelo.

O Vivaá passará a promover o lançamento (QAV), mesmo com os modelos de promoção da empresa no setor aéreo, como a volatilidade do mercado promocional do Brasil (QAV).

Fundada há 10 anos, a companhia já oferece 45 rotas domésticas na Colômbia e Peru; além de 13 rotas internacionais para os Estados Unidos, México, Peru, República Dominicana, Argentina e, agora, para o Brasil.

cadastro pulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender: