Açúcar
(Imagem: Pixabay)

Os contratos futuros do açúcar O ICE atingirá nesta quinta-feira as mínimas de semanas devido a preocupações com o enfraquecimento do real e a queda dos preços da energia, com os investidores ainda avaliando o risco de que as forças nas taxas de juros como economias à leve.

Açúcar

O açúcar bruto para julho fechou em queda de 0,07 centavo de centavo dólar (USDBLR), ou 0,4%, a 18,38 centavos de dólar por libra-peso, tendo tocado no mínimo desde meados de maio a 18,32 centavos de dólar.

Opera avisado que um fechamento abaixo de 1,38 centavos pode levar a ordens automáticas8 valores em sistemas mirando tão baixos 16,50 centavos.

Este seria facilmente o que eles avisaram, se a moeda fosse mais severa com os preços do petróleo, ou ainda assim, mais devido aos temores brasileiros.

Um real impulso impulsiona os exportadores do maior produtor brasileiro a enviar precificado em dólar, aumentando os açúcares em termos da moeda local, enquanto a queda dos preços da energia leva as usinas brasileiras a produzir mais açúcar e menos etanol.

O açúcar branco para agosto caiu 2,00 dólares, ou 0,4%, a 551,00 dólares a tonelada.

Cafeteria

O cafeteria arábica para setembro fechou em queda de 7,4 centavos de dólar, ou 3,1%, a 2,29 dólares por libra-peso.

Os comerciantes informaram que o fato de o café ter atingido uma máxima de duas semanas atraiu fortes vendas, inclusive do Brasiljá que a moeda local continua a perder valor em relação ao dólar norte-americano.

O real caiu para os mínimos de fevereiro na quinta-feira.

O café robusta para setembro caiu 27 dólares, ou 1,3%, a 2.086 dólares a tonelada (Imagem: Pixabay/pixel2013)

“Há uma tonelada de pressão de venda acima de 2,35 dólares”, disse um trader dos EUA.

Enquanto isso, a colheita de café no Brasil enfrenta atrasos.

O café robusta para setembro caiu 27 dólares, ou 1,3%, a 2.086 dólares a tonelada.

Entre para o nosso Telegram!

Faça parte do grupo do Agro Times no Telegram. Você acessa as notícias do agronegócio em tempo real e ainda pode participar de pesquisas relacionadas aos temas do mundo agro. Entre agora para o grupo do Agro Times no Telegram!