História da internet: a evolução até o 5G – Notícias sobre Educação, Vestibular e Carreira

0
2

Saiba o que estudar para o vestibular do Mackenzie!

A tecnologia 5G é o ponto mais alto da história da internet, em termos de velocidade de conexão, e está chegando ao Brasil. Entre as principais mudanças, há a possibilidade de conectar vários aparelhos à web e ao mesmo tempo de condução de carros autônomos.

Os primórdios da internet: da era discada à banda larga

(Fonte: Unsplash)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Uma evolução atualmente Ocorre de uma maneira mais rápida, ao ponto de parecer meme ou fato de que as pessoas ou o fim de meia-noite, a partir das 14h de sábado, para usar mais a internet e menos na semana conta- muito mais à noite.

Aliás, o tempo dos dinossauros usávamos uma rede por meio de uma placa mundial que parece até o meio, ligando para um modem em nosso computador.

A 1ª operadora de banda larga no Brasil lançou seu serviço em dezembro de 1997. Os próximos anos foram de aperfeiçoamento da tecnologiacom uso de métodos diferentes, porém o usuário estava “preso”, pois ainda era necessário uma placa modem para navegar.

Faça 1G ao primeiro iPhone: a era móvel

(Fonte: Unsplash)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

A 1ª geração de conexão sem celular, criada no início dos anos 1980, tinha um único objetivo: possibilitar a ligação de voz entre dispositivos fio. O 2G, implementado na seguinte, apresentou uma tecnologia para envio de dados, como o Short Message Service (SMS).

Entre o 2G e o 3G, houve a primeira grande revolução, em que grandes transformações foram feitos (como o Edge e o GRPS) e, nessa época, surgiu o primeiro iPhone. O mundo passou a ser menor, e tudo estava na “palma de nossa mão”, uma internet móvel começou a “engatinhar“.

Quando a tecnologiaG foi lançada, com conexão de 3 Mbps, parecia um novo mundo: comunicação VoIP e envio de e-mails.

Leia também:

4G e 5G: o mundo sem limites e a IoT

(Fonte: Unsplash)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Foram quase 10 anos entre a banda e o 1° smartphone e um tempo muito menor que uma tecnologia tão robusta fosse desenvolvida, como a que está em processo de implantação larga em todo o Brasil. O 4G entrou em funcionamento no início de 2010.

Maior largura de banda, melhor qualidade de ligação, uma conexão mais rápida e estável. Muitas tecnologias podem ser usadas graças ao advento do 4G, como jogos, serviços de nuvem (cloud computing), plataformas de streaming e video on demand (VOD).

O 5G, contudo, já estava em elaboração na mesma época. Foi uma busca incessante por uma rede móvel com maior capacidade de conexão e que fosse além, como é a Internet das Coisas (IoT), em que se aproveita tudo das redes móveis, como transporte, telemedicina, agricultura e educação.

O que nos reserva o futuro mobile?

(Fonte: Unsplash)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

A 5ª geração da tecnologia de comunicação móvel deve ser confirmada no Brasil no 2° semestre de 2022. Nem todas as cidades como oferta de velocidade de conexão do 5G, ainda que um teste está em operação tempo.

Algumas já estão em fase de empresas desenvolvimento da tecnologia 6G, que promete ser uma revolução. Não apenas mais qualidade e maior velocidade, a conexão também terá maior estabilidade e dispositivos de conexão juntos.

Com países asiáticos liderando essa empreitada, estimativas apontam para o ano de 2030 como o provável lançamento do sistema 6G. A certeza é de que o futuro será (muito) conectado.

Gostou do tema? Conheça os cursos de serviço e pós-graduação do Mackenzie na área de Tecnologia. Claro, algum deles reserva uma cadeira para você fazer parte da transformação de telefonia e conexão móvel.

Gostou do assunto? Que começará a se preparar para entrar em uma das mais renomadas universidades do Brasil?

Fonte: TecMundo, EACH/USP

Este conteúdo foi útil para você?

67650verificação de cookiesHistória da internet: a evolução até o 5G

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here