Foi anunciado pelo Google que, até 2026, a empresa irá fazer uma distribuição de 500 mil bolsas de estudos para formação de jovens

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Foi anunciado pelo Google que, até 2026, a empresa irá fazer uma distribuição de 500 mil bolsas de estudos para a formação de jovens em “áreas de atuação altamente demandadas pelo mercado de trabalho”.

De acordo com um gigante de buscas, como bolsas focadas na formação de profissionais em suporte de Tecnologia da Informação (TI), análise de dados, gerenciamento de projetos e design UX (User Experience ou experiência do usuário).

Inclusão de pessoas trans

O Google tem o intuito de destinar duas mil bolsas a pessoas que se autodeclaram transexuais. A perspectiva é que a iniciativa promove a inclusão social desta comunidade no mercado de trabalho.

CIEE

meio de nota, o Google Por também pode revelar os jovens que não estão estudando participar do processo seletivo para vagas. “O processo de inclusão e seleção ONE através do aplicativo do CIEE uma plataforma 100% gratuita e os escolhidos serão oferecidos por monitoria exclusiva, que os auxiliará a empreendimento como certificações”, explicado a uma empresa.

Cursos

Todos os cursos, que estão hospedados na plataforma de educação Coursera, foram desenvolvidos pelo Google.

“São cerca de 800 de aulas, considerando como quatro titulações juntas, com orientação para o preparo dos estudantes para ingresso em postos de crescimento no campo em constante profissional da tecnologia”, pontuou.

Empregabilidade trans

Para o Google, o Brasil tem “aprendido muito com a inserção de pessoas trans nos espaços de mídia e cultura popular”. A empresa usa, como exemplo dos avanços aos países, a relação de respeito pronomes e o direito de mudança de nome.

“Temos muito a melhorar, mas, ao menos, alguma evolução já é percebida”, considera empresa, que afirma que quando se trata de mercado de trabalho, não é possível ver a progressão na mesma velocidade.

“Estima-se que 90% da população trans no Brasil têm o mercado informal como fonte de renda e possibilidade de subsistência. São milhões de pessoas que vivem uma condição de vulnerabilidade extrema devido à falta de uma oportunidade de emprego”, destacou.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, siga-nos no canal no Youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagrame Contração muscular. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Jay Fog / shutterstock.com