Corrida do Milhão – Tudo sobre o Grupo C – Free Fire Esports

0
1

Depois de uma noite de abertura dominada por Fluxo e Magic Squada Corrida do Milhão (2) para os confrontos entre nesta quarta-feira (2) para os confrontos entre os grupos C e D., que tem duas equipes, para provar seu valor definitivo no cenário nacional, além de um certo grupo que dominou a segunda divisão da última temporada da LBFF.

BD Vasco

– Hender – LoiroRJ – Fácil – Lenno – Izzac –

Quando a BD Vasco estreou na elite da Liga Brasileira de Free Fire, tinha um elenco que nunca havia presenciado um desafio tão perto. Todos os jogadores debutaram na primeira divisão juntos e, apesar disso, garantiram uma vaga na final.

A inexperiência pesou contra a equipe na decisão, e eles amargaram a última colocação com apenas 22 abates. Mas é um elenco confiável, que começa a ganhar resiliência e chega para a Corrida do Milhão com apenas uma alteração: sai Chucky, chega Izzac.

e-sports civis

– MITOmvp – ARAUJOrj – Papa7 – Vitin – Invisible – Qualy – Peczin –

Estreando na elite da Liga Brasileira de Free Fire na próxima temporada, a Civil chega empolgada para soltar os cachorros mais uma vez. Vale lembrar que o acesso direto ao título da Série B não foi determinado diretamente aos critérios da Série B, uma vez que a equipe somou os mesmos 120 pontos que a paiN Gaming final, mas um Booyah! pode mudar tudo.

A ostentação civil do título MVP da segunda divisão: Mito, sem o garantido 150 abates em 75 que das disputadas – será algo parecido com o panteão do cenário nacional? Para a equipe FF, em que chegou COZ tem medo no Grupo C, mas recebeu de braços abertos Ins., Qual e Pec.

DEUS Unidas

– MiguelX – Rigby245 – Mike – Chucky – Stark7 –

Sétima na última edição da LBFF, os Deuses da temporada colecionaram Booyahs Fase Classifica e viram Rigby rodada após rodada, liderando brilhar em abates e assistências. Apesar do bom desempenho, o melhor da equipe considerando todas as suas participações, a DEUS traz mudanças importantes: saem Marreta e JuniXL, chegam Chucky e Stark7. Veremos o poder divino.

Los Grandes

– Lobato – Cebolinha – Fonzin – Gus – Ruan – mvR! –

A Los Grandes parece se aproximar cada vez mais de um grande título nacional. A sétima temporada marcou sua melhor participação: quarto na Grande Final, mesmo sem nenhum Booyah.

A On The On The Fighting Players – Laranja já contado com o elenco LB 7 como os melhores competidores da competição, como já contou com um dos cinco melhores da competição, Syaz e MTS dispensam apresentações. Mas um novo nome desperta a atenção: Lobato chega da B4, e promete buscar o topo.

Nhanhá

– Marques9 – Menor – Zinho – Helden – Felps – Ataidão – Ekko –

Do Mato Grosso do Sul vem a campeã da Taça das Favelas 2021, que chega na Corrida do Milhão querendo impressionar. Três contratados do Botafogo e da Série B da sétima temporada: Ataidão, Felps e Marques. É hora de mostrar aquele Free Fire moleque que a gente tanto gosta.

Trem10

– Alicex7 – Marixis – DebsX – Nath06 – Aninha – Havena –

Depois de um começo complicado na Taça da Patroa, um Trem10 precisou encarar uma semifinal, em que começou a mostrar um desempenho digno de campões e liderou com larga vantagem na etapa. Na Grande Final, foram 64 pontos conquistados em cinco quedas, com direito à um Booyah – que definiu uma chance na Corrida do Milhão e um lugar no Grupo C.

COPA FF

Com o tema Corrida do Milhão, a nova edição da COPA FF teve início no dia 21 de junho e terá sua final no dia 2 de julho. O torneio terá transmissão na tv aberta, pela RedeTV! aos sábados e domingos, durante a fase classificatória, além dos canais oficiais no Youtuben / D BOA!, e não TikTokdurante os dias de semana.

Serão 24 equipes na disputa pelo prêmio de um milhão de reais. No torneio, os 18 times classificados para a série A da LBFF 8 são chamados junto a outras quatro equipes convidadas, – Nhanha e Divinéia (vencedores do Taça da Favela FF), e Los baianos e Inco Gaming (campeão e vice da LBFF Série C ). As equipes campeã e vice da Taça da Patroa fecharam a lista de convidados.

Além da premiação, os jogadores também concorreram aos títulos de MVP. Um deles, disputado apenas entre os jogadores de tempos classificados para a Série A da LBFF 8 e outro, entre os competidores dos tempos convidados.

Para mais informações do Free Fire, acompanhamos as redes sociais oficiais de esports no Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here