Atualizado em: Terça-feira, 21/06/2022 Como 20h12

O Cadastro Positivo é um dos fatores de impacto no score, realizado pelos birôs de crédito e que abrange o histórico financeiro dos consumidores.

Criado em 2011, o Cadastro Positivo funciona como um histórico de pagamentos dos consumidores. Sendo assim, ele reúne sobre como as contas são pagas, ou seja, se há atrasos de atraso ou se os valores estão dentro do prazo de vencimento.

A inclusão de pessoas físicas e jurídicas no Cadastro Positivo, por sua vez, tornou-se automática em 2019, quando passou a valer a Lei Complementar nº 166. Dessa forma, qualquer consumidor que possua banco financeiro, compras a prazo, por exemplo, são incluídos no cadastro.

O que é o Cadastro Positivo?

Para que serve o Cadastro Positivo?

O objetivo do Cadastro Positivo é reunir todos os processos realizados, inclusive os que são feitos dentro do prazo e, com isso, criar um histórico de bom pagador do consumidor, por isso o nome “Cadastro Positivo”. A partir dessas empresas, como instituições financeiras e instituições financeiras do comportamento do cliente, para além de dados considerados somente a pontuação.

A divulgação desse cadastro, entretanto, é de responsabilidade dos Gestores de Banco de Dados, que nada mais são do que as empresas privadas e homologadas pelo Banco Central do Brasil, e que são também conhecidos como birôs de crédito, como é o caso do SPC Brasil e Serasa. Dessa forma, instituições que concedem crédito ou empresas devem enviar as informações de pagamentos de seus negócios ou empresas para que os clientes sejam feitos a divulgação.

Qual é o valor necessário para fazer um comentário?

Como o Cadastro Positivo impacta sem pontuação?

De acordo com as empresas responsáveis ​​por gerenciar o Cadastro Positivo, as informações reunidas podem representar mais do que 6 do cálculo do score. Dessa forma, mais informações positivas o consumidor possui, isso é, a entrega dentro do prazo, maiores são as chances de pontuação ser impactado positivamente. Além disso, o consumidor pode obter melhores taxas de juros ao solicitar serviços financeiros, como financiamentos financeiros.

Vale ressaltar que o Cadastro Positivo considera diversos tipos de contas, como:

  • Financeiros, consignados e refinanciamentos;
  • financiamentos de imóveis e automóveis;
  • cheque especial;
  • pagamento da fatura do cartão de crédito;
  • contas de consumo, como água, luz e internet, por exemplo.

Quantos pontos nenhuma pontuação é considerada bom?

O score é uma avaliação realizada também para verificação de crédito, que leva em consideração o histórico financeiro do consumidor, como aquisições e pagamentos, e é utilizado pelas empresas para se uma pessoa é boa ou má pagadora. É a partir de uma pontuação, inclusive, que as instituições institucionais como condições de pagamento oferecem um serviço financeiro.

Tendo isso em mente, a partitura costuma ser interpretada da seguinte forma:

até 300 pontos: os consumidores terão chance de obter uma concessão de crédito ou outros serviços financeiros, pois são considerados como alto risco de inadimplência;
de 301 a 700 pontos: os lidar com algum tipo de dificuldade para acessar os serviços, como taxas de juros mais altos ou que podem ser vistos no prazo de pagamento menor como médio risco de inadimplência;
a partir de 701 pontos: Já os consumidores que estão nesse grupo têm maiores chances de conseguir crédito e serviços, pois são suas contas pagam e, por isso, outros são implementados como baixo risco de pessoas inadimplentes.

Como usar o cashback do Banco Inter?

Quanto tempo demora para aumentar o score?

O score é uma possibilidade dinâmica, com isso, não é possível estipular quanto tempo para que a alteração seja possível. A mudança pode ocorrer em dias, meses ou anos, em alguns casos, demorados ou além, dependendo de cada contexto.

Apesar da dívida financeira, desde o pagamento de contas bancárias, até o pagamento de contas simples, como as de consumo.

Quem está negativado pode ter o Cadastro Positivo?

Conforme, desde 2019, a partir de 2019 a consumidores no Cadastro Positivo passou a ser automático, isso significa que todas as pessoas, inclusive quem está negativada, faz parte do sistema, sem que haja necessidade de qualquer tipo de autorização ou solicitação. Todas as empresas em que o consumidor possuem vínculo comercial de crédito que implica risco, devem enviar as informações aos birôs de crédito por gerente de gerenciamento do Cadastro Positivo.

Não consigo desbloquear o cartão BV. O que fazer?

Tem como cancelar o Cadastro Positivo?

Sim, o consumidor pode solicitar o cancelamento de sua participação no Cadastro Positivo a momento. Para isso, é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento de qualquer Gestor de Banco de Dados, isso é, os birôs de crédito, como SPC Brasil e Serasa, e solicitar formalmente a exclusão.

Sendo assim, após o recebimento do pedido de exclusão do consumidor, a empresa é responsável por compartilhar o pedido com os demais birôs, que por sua vez, têm até 2 dias úteis para atender à solicitação, que são contatados a partir da data de recebimento.

É destacar que após a inscrição no Cadastro Positivo, as empresas realizadas pelo consumidor continuarão repassados ​​aos birôs de crédito, entretanto, não poderão compartilhar com e estas instituições que prestam serviços de crédito e afins.

Tem mais alguma dúvida sobre o Cadastro Positivo? Deixe nos comentários. Ah, e acompanhe a FinanZero nas redes sociais, também: @finazero sem Instagram, /FinanZero sem Facebook e @finazero sem Twitter.