Em março deste ano, a Meta, empresa dona do Facebook, entrou com um processo contra Chad Taylor Cowansuspeito de criar uma rede de contas falsas que os feedbacks forneciam positivos para o intuito de aumentar a empresa e a visibilidade dos negócios.

Na denúncia feita no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Norte da Califórnia, a Meta afirma que Cowan viola os termos da plataforma e fornecia um serviço de engajamento completamente falso direcionado ao Facebook.

publicidade

Leia também!

Os feedbacks a empresas são analisados ​​pelo Facebook para compreender a experiência de um usuário com a companhia em questão. Por exemplo, quando há diversos comentários positivos, uma empresa é beneficiada.

No entanto, quando uma empresa recebe uma série de feedbacks negativos, o Facebook pode agir restringindo anúnciosbloqueando todos monetização e, casos, até contas.

O serviço mencionado por Cowan dispensa diversos apontamentos positivos para as empresas, fazendo com que seja negativo se tornasse. Desta maneira, uma descrição descrita era completamente falsa, enganando outros usuários.

meta facebook
Imagem: Gil C – shutterstock

Agora, o Facebook está testando uma nova política para evitar esses tipos de feedbacks falsos. As estimativas serão monitoradas pela tecnologia humana da Meta e por revisores.

Caso a empresa se aposente algum feedback, o autor da avaliação poderá realizar e solicitar uma revisão.

Já assistu aos novos vídeos no Youtube do Olhar Digital? inscreva-se no canal!