Deborah Secco é a nova sociedade da Peça Rara Brechó

0
1

Crédito: Divulgação / Peça Rara Brechó

“Estou feliz e empolgada pelo projeto e pretendo fazer a como sócia”, disse a atriz (Crédito: / Peça Rara Brechó)

Depois de Luana Piovani e Fiorella Mattheis, agora é uma vez de Deborah Secco entrar para o ramo de economia circular. A atriz é a nova sociedade da rede de franquias Peça Rara Brechó.

“Estou feliz e só em negócios pelo meio de amigos e se pretende fazer o braço da empresa” “Estou feliz e fingir como disse a atriz, que só pensou pelo meio de amigos e se interessou fazer pelo meio e braço da empresa”.

Deborah Secco já tinha colocado à venda na loja peças pessoais do seu closet, entre sapatos, vestidos, óculos, bolsas e casacos. “Quero afirma peças para todos os bolsos e promove esse estilo de vida sustentável cada vez mais”, Secco.

Nascida em Brasília, a Peça há 15 anos, a Rara Brechó está presente em 15 estados com 45 lojas, entre si e franqueadas. Com foco em artigos de vestuário adulto e infantil, além de brinquedos e móveis, a marca também recebe peças personalizadas. A maioria dos fornecedores dos produtos das lojas são os próprios clientes.

+ OCDE vê Brasil como solução de sustentabilidade e segurança energética, diz Guedes

“Em 201, saímos de sete lojas próprias, para hoje 45 (franqueadas e próprias), o ano com um faturamento de R$ 37 milhões. A meta para este ano é atingir R$ 120 milhões de faturamento, chegando em todos os estados do país, totalizando mais de 100 unidades”, afirma Bruna Vasconi, fundadora e CEO da Peça Rara, em nota.

Desde 2021, a marca faz parte da SMZTO, grupo de investimentos em negócios de franquias do Brasil. Segundo a empresa, cada loja recebe de 500 novas peças, por dia, de 100 mil fornecedores cadastrados, que vendem itens desde únicos até grandes volumes. Em junho, a Peça Rara Brechó chega ao Rio de Janeiro. A inauguração da loja será dia 25, na Barra da Tijuca, e atenderá o público feminino e infantil.

“A mudança de comportamento do consumidor tem feito com que ele dedique cada vez mais parte do seu orçamento para compras e de qualidade. Neste sentido, a Peça Rara tem se destacado e tem um grande mercado para explorar. trabalhamos nesta parceria e apostamos que a rede pode se tornar referência em seu setor de atuação”, disse José Carlos Semenzato, fundador e presidente do Conselho da SMZTO.

Franquia

O investimento inicial para abrir uma loja Peça Rara gira em torno de R$ 380 mil. O faturamento bruto médio mensal é de R$ 190 mil, com uma lucratividade média de 14%. “O franqueado conta com um treinamento financeiro em ações de marketing, controle, projeto animado e consultoria”, garante a marca. Saiba mais sobre ser um franqueado Peça Rara Brechó aqui.



LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here