O Ministério da Saúde notificou mais dois novos casos de variola dos macacos no país, totalizando 11 confirmações da doença. As novas detecções de contaminados pelo vírus monkeypox foram feitas pelo Laboratório Adolf Lutz em São Paulo por meio do método de isolamento viral.

Os dois pacientes são brasileiros, do sexo masculino, têm entre 36 e 38 anos, são residentes no estado de São Paulo e com histórico de viagem para a Europa. Os dois quadros apresentados clinicamente estáveis, não têm complicações e estão sendo monitorados pelas Secretarias de Saúde do estado e do município.

Segundo o ministério da contenção e da doença foram adotados imediatamente após a comunicação de que todos os pacientes foram reconhecidos como um caso suspeito dos pacientes e rastreamento dos seus contatos, com o isolamento.

O Ministério da Saúde, por meio da Sala de Situação e do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (CIEVS) Nacional, segue em ligação direta com o estado de São Paulo para o monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos.

No momento, o Brasil registra 11 casos confirmados, sendo sete em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e dois no Rio de Janeiro. Mais dez casos suspeitos em investigação. Dois dos casos confirmados receberam alta e os outros identificados e em monitoramento.