Censo 2022: IBGE inicia os trabalhos, após esperar dois anos para realizar a nova edição. Neste primeiro momento, não são entrevistas

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) começou na segunda-feira (20) os trabalhos de coleta do Censo 2022. A vai mobilizar mais de 22 mil supervisores censitários até 12 de julho, e é uma das mais importantes realizadas no país . É com o censo importante a população possui informações sobre a infraestrutura urbana, entre outros dados. Então, para saber mais sobre o Censo 2022, confira a seguir.

Censo 2022 começa seus trabalhos, mas ainda sem entrevistas

Assim, o primeiro ponto é que, apesar de iniciados os trabalhos, ainda não serão realizadas entrevistas. Neste primeiro momento, os profissionais os dados apenas por meio de observação. Ou seja, não inicia-se ainda a operação de visita porta em porta.

A Pesquisa Urbanística do Entorno dos Domicílios é algo fundamental. Isso porque o IBGE visitou 326 milhões de censitários, distribuídos por 5,57 municípios brasileiros. Além disso, é por meio desse trabalho, por exemplo, que será possível também atualizar e identificar novas vias. O último censo realizado foi o de 2010.

Segundo informações da Agência Brasil, os supervisores censitários percorrem todas as ruas de cada setor censitário que está sob sua responsabilidade. Dessa forma, eles devem preencher os dados de acordo com os dados solicitados. Alguns exemplos são iluminação pública, pontos de ônibus, calçadas, etc.

Por fim, o IBGE afirma que os dados levantados também auxiliam na criação de novas políticas públicas em áreas urbanas, visando a melhoria da qualidade da vida da população. E tal como no Censo 2010, será possível, por exemplo, as proporções de capitais brasileiras com a maior parte de domicílios demonstrar em áreas arborizadas. A nova pandemia teve ainda0, mas teve 20 adiamento duas vezes por conta da pandemia.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Reprodução/IBGE