Depois de revolucionar os carros elétricos e iniciar uma jornada fantástica de exploração espacial, agora Parece que o empresário Elon Musk também quer se meter na fabricação de celulares. Faz algum tempo que se fala num tal de smartphone da Tesla. Os rumores da companhia estão em linha com os diversos negócios da companhia automobilística. Como deve ser este aparelho? Você confere a seguir.

Apesar da Tesla ainda não ter confirmado o projeto de um novo smartphone, não seria de grande surpresa o anúncio de um celular. Isso porque a companhia carrega o histórico de lançamentos de produtos diferentes do seu portfólio padrão. Como exemplo temos guarda-chuva, apito de aço inoxidável e até mesmo quadriciclo elétrico para crianças.

Imagem de um conceito para o smartphone da Tesla — Foto: ADR Studio Design

Design do smartphone da Tesla

O único lugar que o smartphone da Tesla “nasceu” foi no mundo dos conceitos e renderizações realizado por entusiastas. Não houve, até então, qualquer possível a respeito da carcaça de um celular da fabricante automobilística mais importante do mundo.

De qualquer forma, é esperado que o modelo tenha um modelo que siga as linhas do que é adaptado hoje em dia pelo mercado. Estamos falando então da presença de uma tela com bordas mínimas, acabamento em vidro com metal, seguidos pela impressão da logomarca na parte traseira do produto.

Recursos e especificações

Conceito de como seria o celular da Tesla — Foto: Reprodução/ADR Studio Design

É pouco provável que a Tesla crie um sistema próprio para competir com o iOS (Maçã) eo Android (Google), que dominam o mercado. A empresa de Elon Musk pode usar o Android numa versão personalizada.

De qualquer modo, é esperado que o modelo seja equipado com uma tela de 6 polegadas com tecnologia AMOLED ou similar e processador topo de linha de alto desempenho.

Por ser um produto Tesla, é esperado que um possível lançamento seja equipado com um hardware topo de linha (fala-se em 16 GB de RAM, por exemplo), além de recursos especiais. Como apostas mencionam a compatibilidade com a internet via satélite possível da Starlink, também de Elon Musk. Uma teoria é que eles funcionariam onde já são equipamentos da Starlink (como um prédio ou carro Tesla equipado com antena apropriada, por exemplo).

Outros detalhes seriam carregamento solarcontrole remoto de veículo Tesla, avançado e, num futuro mais distante, suporte à tecnologia de neurolink – embora a ideia de um computador inteligente que funcione em conjunto com o cérebro seja apenas ciência científica.

Quando o smartphone seria lançado?

A resposta para essa pergunta pode desagradar os muitos entusiastas da tecnologia móvel e amantes da marca Tesla. É importante ter ciência de que, até o presente momento, o lançamento de um smartphone da empresa de Elon Musk é mera especulação. Os rumores sobre o desenvolvimento do novo produto ainda são muito escassos.

No começo do mês surgiu um barco sobre uma nova possível data para que o Tesla Model Pi ou Tesla Phone venha ao mundo. A especulação menciona abril de 2023.

Algumas estimativas mais otimistas mencionam o lançamento para 2022, mas é pouco provável que isso venha a ocorrer. Caso a marca realmente esteja preparando em segredo o anúncio para este ano, seria natural que algum detalhe do smartphone já tivesse vazado, como uma ilustração da carcaça, uma tabela de ficha técnica ou até mesmo, um cadastro suspeito em órgão de telecomunicações. Isso não aconteceu até hoje.

O iPhone 14que deve ser lançado apenas em setembro deste ano, por exemplo, já teve uma série de informações vazadas – mesmo com a Maçã trabalhando em absoluto segredo. Os comuns e nem mesmo a Tesla são exibidos livres disso.

Qual seria o preço do smartphone da Tesla?

As empresas são bem atrativas para o celular da Elon Mus as funções atrativas. Se o modelo realmente funcionará, o que será compatível com o pagamento de um preço elevado, com o valor dos principais topos de linha do mercado.

Desta forma, os chutes iniciais para o preço do smartphone da Tesla, supondo que ele venha de fato ao mercado, começam em US$ 800 e vão até U$ 1.200, o que dá entre R$ 4.090 a R$ 6.130 em conversão direta.