[ad_1]

A dieta é muito importante para ajudar o diabético a controlar os níveis de glicose no sangue, evitando que aconteçam alterações como a hiperglicemia, que é o excesso de açúcar, ou a hipoglicemia, que é a queda exagerada da substância no sangue.

O desequilíbrio do açúcar, comum em situações onde a diabetes não está controlada, pode gerar complicações à saúde, como tontura, fraqueza, dor de cabeça e, em casos mais graves, cegueira, doenças renais ou cardíacas.

Por isso, na dieta para diabetes é importante incluir ou aumentar a ingestão de alimentos ricos em fibras, que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, chamado de glicemia. Opções de baixo índice glicêmico — absorvidos lentamente pelo organismo, mantendo os níveis de açúcar no sangue equilibrados –, também são recomendados.

Além disso, é importante consumir com moderação alimentos ricos em gordura, como manteiga, leite e queijos, pois a ingestão excessiva destes alimentos pode causar a sensibilidade à insulina, favorecendo o aumento dos níveis de açúcar no sangue.

Com o diagnóstico de diabetes, deve ser feita uma consulta com endocrinologista e nutricionista para uma avaliação clínica e nutricional completa e prescrição do plano nutricional mais adequado.

Alimentos permitidos e a evitar

Permitidos Com moderação Evitar
Feijão, lentilha, ervilha, grão de bico e soja Arroz integral, pão integral, cuscuz, farinha de mandioca, pipoca, ervilha, farinha de milho, batata, abóbora, mandioca, inhame, batata doce, beterraba e nabo Arroz branco, salgafinhos, massas folhadas, farinha de trigo branca, bolos, pães brancos, biscoitos, waffle
Frutas frescas com casca: maçã, pera, laranja, pêssego, damasco, tangerina, frutos vermelhos e banana verde

Vegetais frescos: alface, brócolis, abobrinha, cogumelos, cebola, tomate, espinafre, couve-flor, pimentão, berinjela e cenoura

Frutas frescas: melão, mamão, jaca, caqui, pinha e uvas Frutas: melancia, frutas em calda, geleias de frutas e sucos de frutas

Frutas secas: tâmaras, figos, damasco, uva passa, ameixa

Aveia em flocos, milho, quinoa, centeio e cevada Panquecas integrais preparadas em casa Cereais matinais que contém açúcar
Carnes magras: frango, peru, peixe, frutos do mar, ovos e tofu Carnes vermelhas Embutidos: salame, mortadela, presunto, salsicha
Adoçante de stévia Outros adoçantes, como sacarina sódica e aspartame Açúcar, mel, açúcar mascavo, calda, cana-de-açúcar, sorvetes e chocolates
Sementes: girassol, linhaça, chia, de abóbora

Frutos secos: nozes, castanha de caju, amêndoas, avelãs, amendoim

Azeite de oliva, óleo de linhaça, óleo de abacate e óleo de coco Frituras, óleos vegetais refinados, como soja ou girassol, margarina, manteiga e banha de porco
Água, chás e café sem açúcar, águas aromatizadas naturalmente Chocolate amargo, preferivelmente com mais de 80% de cacau Bebidas alcoólicas, sucos industrializados e refrigerantes
Leite e iogurtes desnatados, queijos brancos, como ricota, Minas ou cottage Leite e iogurtes semidesnatados Leite e iogurtes integrais, queijos amarelos, leite condensado, requeijão, creme de leite e cream cheese

O ideal é comer sempre pequenas porções de alimentos a cada três horas, realizando três refeições principais e dois a três lanches por dia (ao meio da manhã, meio da tarde e antes de dormir), devendo-se respeitar o horário da refeição.

As frutas permitidas devem ser consumidas junto com outros alimentos durante as refeições e sempre em pequenas porções. É importante dar preferência ao consumo da fruta inteira, já que a quantidade de fibras é maior do que a presente em sucos.

Quem tem diabetes pode comer doces?

É importante evitar comer doces na diabetes, pois eles contêm grandes quantidades de açúcar, o que faz a taxa de glicose no sangue subir muito e a diabetes ficar descontrolada, aumentando o risco de doenças associadas à diabetes, como cegueira, problemas cardíacos, problemas renais e dificuldade de cicatrização de feridas, por exemplo.

No entanto, caso seja realizada uma alimentação balanceada e a glicemia esteja controlada, eventualmente pode-se consumir algum doce, de preferência preparado em casa.

0

O que comer para baixar a glicose no sangue

Para baixar o açúcar no sangue e controlar a diabetes, é recomendado consumir alimentos ricos em fibras em todas as refeições, devendo-se ingerir pelo menos 25 a 30 gramas deles por dia. Além disso, deve-se dar preferência aos alimentos com baixo e médio índice glicêmico, que ajudarão a controlar os níveis de glicose.

Também é importante realizar atividade física regularmente, como caminhar ou praticar algum tipo de dança, entre 30 e 60 minutos por dia. Além disso, deve-se medir a quantidade de açúcar no sangue diariamente e usar os medicamentos indicados pelo médico.

Com informações do portal Tua Saúde.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

[ad_2]

Source link