O novo RG digital foi lançado pelo governo federal no mês de março, o documento será oficial dos brasileiros e uma das grandes novidades do documento é que a numeração do RG será o próprio CPF do cidadão.

A mudança já estava prevista para alguns anos e finalmente começou a entrar no papel e na prática.

A mudança do RG que contará com o número do CPF foi definido, pois criar, anteriormente, cada estado era responsável por sua própria numeração do RG.

Dessa forma, uma pessoa que solicita a primeira via do RG em um estado e tirava uma segunda via em outro teria então dois números de RG.

No final das contas, qualquer cidadão do país que solicite uma segunda via cada estado do país pode ter até 27 números de RG diferentes.

Quando devo trocar o RG?

Os estados estão emitindo o RG desde março, entretanto, os identificadores dos estados têm março até do ano que vem para se adaptarem como mudanças e conseguirem emitir o novo documento.

Dessa forma, mesmo já sendo possível emitir o novo RG, nem todos os estados estão preparados para gerar o documento a população.

Dessa forma, busquem as informações em conjunto para verificar aos órgãos de identificação como o Cidadão está definido para verificar e o Expresso Cidadão já é verificado aos órgãos de identificação como o novo documento.

Para emitir o novo documento basta levar a certidão de nascimento ou casamento para que seja exibido o novo RG.

Todavia, vale lembrar que o novo RG começará a ser obrigatório somente em 2032, dessa forma a população tem um grande tempo para conseguir trocar o documento.