Em evento, senador do PSD mandou recado de “fidelidade”, avalia PT

0
14


Precisando conquistar apoio do eleitor do PT em Minas Gerais, Alexandre Silveira (PDS-MG) mandou recado durante evento com Lula e Alexandre Kalil em Uberlândia.

Silveira, que patina nas pesquisas e preocupa lideranças do PT no estado, prometeu tentar trazer o PSD nacional para a chapa de Lula ainda no primeiro turno.

“Queria terminar dizendo, presidente, que quero ser um soldado. Para fazer o convencimento de nossos parlamentares federais, de nossos senadores, porque eu quero acalentar a esperança de que o PSD ainda vai com o senhor no primeiro turno, se Deus quiser!”, disse.

Uma aliança com o PSD é um dos grandes “sonhos” de Lula para a eleição de outubro. Entretanto, o presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab, já avisou que é inviável estar com o petista no primeiro turno.

O gesto foi considerado por lideranças do PT presentes no evento como uma tentativa de aproximação de Silveira com a base petista. E visto como sinal de “fidelidade”.

Caciques do PT em Minas reclamaram nas últimas semanas que Silveira não estava compartilhando sua base eleitoral com os novos aliados. Sem grandes ligações com Lula, Silveira chegou a ser convidado para virar líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, no início deste ano.

No evento em Uberlândia, Silveira foi um dos menos aplaudidos pela militância presente, como é possível ver no vídeo do evento (veja abaixo) .

Nas pesquisas, o senador do PSD aparece longe dos líderes em intenção de voto. Ele fica entre 4% e 7% do eleitorado, dependendo do instituto. O líder é o deputado federal Aécio Neves (PSDB), que nem sequer lançou seu nome à disputa do Senado.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here