Membros de uma torcida organizada do Atlético-MG foram até a Cidade do Galo, centro de treinamento do clube, para cobrar alguns jogadores e o treinador Turco Mohammed neste sábado (18/6). Insatisfeitos com o atual momento da equipe, os torcedores exigiram uma vitória na partida deste domingo (19/6) quando a equipe mineira enfrenta o Flamengo em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Entre os jogadores que pararam para ouvir as reclamações dos torcedores estavam Hulk, Eduardo Sasha, Nathan Silva, Matheus Mendes e Ademir.

“Temos que ganhar de qualquer jeito. Tem que falar com os caras que é sangue no olho. O time é bom. Está faltando os caras correrem. Você tem que cobrar mais os caras dentro de campo. Estamos aqui para incentivar, vamos apoiar os 90 minutos”, disse um dos torcedores para Turco.

Pelas redes sociais, membros da G.D.R. Alvinegra explicaram o motivo do protesto do protesto pacífico.

 

“Hoje estivemos presentes no CT para mostrar nossa insatisfação com rendimento do time. Passamos nossa mensagem para os jogadores e fomos claros: amanhã tem que ganhar de qualquer jeito.  Se estão achando que ganharam títulos e vai vira Disneylândia estão enganados .  O Galo é maior que qualquer jogador. Todos passam e a torcida fica!“, escreveu a organizada.

O Galo é atualmente o 6º colocado na classificação com 25 pontos, sete a menos que o líder Palmeiras.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!





Source link