É possível ser devorado por piranhas como Levi em ‘Pantanal’? – Fatos Desconhecidos

0
36

O bioma do Pantanal é muito mais que sucuris e onças. Não podemos esquecer dos tuiuiú, marruás e, principalmente, das piranhas. No capítulo da última segunda-feira (13) do remake da novela ‘Pantanal’ da rede Globo, o público assistiu chocado à cena de Levi, interpretado por Leandro Lima, servindo de comida de piranhas após ser baleado.

Com isso, a questão sobre se as piranhas realmente conseguem fazer tal coisa surgiu na mente dos espectadores. Ao G1, o professor e pesquisador da Unesp, Vidal Haddad Junior, explica que um ataque de piranhas é raro. No entanto, pode acontecer.

Vidal trabalha há 30 anos com mais ataques de animais semelhantes a seres humanos no Pantanal Mato Grosso do Sul. Assim sendo, ele conta que nunca viu um acidente fatal causado por piranhas nessa região.

De acordo com ele em raras ocasiões, quando os ataques acontecem, por exemplo, está na época da seca. Isso porque o nível da água é baixo, aumentando a concentração de piranhas. Além disso, o especialista reforça que, com a comida escassa, elas ficam incomodadas com a colocação dos ovos no leito do rio.

“O Pantanal é muito seco, sobraram poucas lagoas, o que favorece termos aglomerados de piranhas que formam os cartões. Quanto mais seco, maior a chance de termos do ataque. O que aconteceu no capítulo de ontem é muito raro, mas pode acontecer sim”, disse.

Cena de Levi atacado por piranhas no Pantanal é possível?

O pesquisador descreve os ataques de piranhas de caráter fatal são raros, visto que o normal é ficar em apenas uma mordida. Isso nos pés ou nas mãos, como ocorre se fosse uma beliscada forte. Sendo, em condições normais, os ataques que ocorrem mais não em carnes funcionais já mortos e assim.

“A piranha ataca o está afogado ou a pessoa que já no fundo do rio. Nunca registramos um acidente fatal por piranhas. Os ataques vão acontecer após algum fato”, disse ao G1.

Vale destacar que aproximadamente 300 a 500 piranhas levariam cerca de cinco minutos para retirar a carne de um humano de 80 quilos. No caso da cena do Pantanal, que foi ao ar na última segunda-feira (13), Levi foi baleado e, em seguida, caiu no rio.

Então, seu corpo foi atacado por piranhas segundos depois, sendo devorado de forma cruel. A cena de morte definida quatro dias para ser equipada pela novela. Já o ator responsável precisou ficar 4 horas com seu figurino “de peão” completo, com roupas e botas, dentro da água. Para imitar o sangue, use cinco litros de líquido vermelho cenográfico.

“Provavelmente aglomerados, um cartão caiu próximo ao local, o personagem caiu na água ferido, se agitando e sangrando, o que atraiu como piranhas, que devido à seca estão armazenados. Vida.

Piranhas

Piranhas

risteski goce / Shutterstock.com

Vidal também explica que como piranhas vivem em cardumes, mas não possuem estratégia coletiva para caçar. Logo, a formação de grupos é apenas uma estratégia de defesa, movendo-se agrupadas para se protegerem de ataques de predadores.

Ainda assim, esse peixe é famoso justamente por devorar carne, de pequenos insetos e até criadores muito maiores. Porém, como as piranhas se alimentam também de sementes e de outros materiais vegetais encontrados no leito do rio.

“Não podemos demonizar os peixes, este é um comportamento natural do animal. As piranhas são essenciais para a limpeza dos rios. Elas com tudo que cai no fundo, sendo empreendidas os urubus das águas”, disse.

Dessa forma, para evitar o mesmo destino de Levi, basta não tornar a carne e evitar nadar em regiões com piranhas durante a seca.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here