Remover ou anúncios do celular é um procedimento possível de ser feito de várias formas em Android e Iphone (iOS). A exibição de publicidade excessiva pode não só atrapalhar o uso do smartphone, mas também significar um problema mais grave, como uma infecção por adwares. Por isso, recursos para controle de propagandas e identificação de vírus podem ser úteis, como usar o Google Play Protect e apps de antivírus em segundo plano. Confira, a seguir, cinco funções para bloquear anúncios no celular.

Lista dá dicas de como limitar a exibição de publicidade no celular — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Celular abrindo anúncios sozinho? Descubra o que pode ser no Fórum do TechTudo.

1. Usar antivírus para bloquear anúncios

Antivírus para celular podem ajudar a reduzir o número de publicidades que não aparecem no smartphone. As plataformas podem ser especialmente úteis em que os anúncios são, na verdade, adwaresSeja, propagadas com comportamentos ou comportamentos que, se acessadas, podem hospedar o celular.

Os adwares costumam aparecer como forma de notificações e pop-ups na tela e, por serem invasivos, podem causar uma série de transtornos. Normalmente, esses programas maliciosos foram instalados no celular pelo próprio usuário, mas sem consentimento, já que um adware pode vir acompanhado de um aplicativo suspeito baixado.

Por isso, evitar que os programas do tipo provável provável e causem perturbações mais graves, é recomendado ter um antivírus capaz de detectar como ameaças. Um software de proteção na loja de aplicativos de smartphone e resenhas de usuários que já estão ou o programa está funcionando antes de baixar possível usar — ​​dessa forma, se certificar de que o antivírus realmente funciona.

Norton é repleto de ferramentas e tem boa integração com outros dispositivos; o problema é o preço salgado — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

2. Desinstalar aplicativos suspeitos

Os aplicativos suspeitos podem vir acompanhados de adwares que estão em segundo plano no celular para propaganda díspar de forma abusiva. Portanto, se notar que a quantidade de publicidade recebida na tela do smartphone começou a aumentar a instalação de algum aplicativo diferente, desconfie da aplicação.

Pode ser que, mesmo sem querer, o usuário tenha instalado um malware de propaganda no celular. Mas o problema pode ser resolvido de forma rápida: basta desinstalar o aplicativo suspeito. Além disso, vale destacar que APKs ou aplicativos baixados de fontes externas à Play Store também podem representar ameaças ao dispositivo. Por isso, o ideal é instalar aplicativos que estão disponíveis apenas nas plataformas oficiais de download.

Escolha o app que você quer desinstalar — Foto: Reprodução/Lucas Mendes

3. Desativar notificações do navegador

O Google O Chrome possui um recurso para limitar a exibição de anúncios na web. Para ativar, basta abrir o aplicativo no celular e tocar sobre os três pontinhos, no canto superior direito, para acessar as configurações do navegador. Por lá, pressione sobre “Configurações do site” e toque em “Pop-ups e redirecionamentos” para desabilitar o recurso. Em seguida, volte à página anterior e faça o mesmo procedimento na aba “Anúncios”.

Desativando anúncios pop-ups e Desativando anúncios no Google Chrome — Foto: Reprodução/Clara Fabro

Não Androido Google Play Protect tem um papel importante em identificar possíveis ameaças no celular. O app é um antivírus, e faz uma varredura em todos os programas instalados. Quando o Play Protect detecta possíveis ameaças, ele envia um alerta para o usuário, que pode decidir o que fazer com o. Por isso, é importante-lo ativado.

Para habilitá-lo, acesse a Google Play Store, toque sobre sua foto no menu superior direito da tela e, em seguida, aperte em “Play Protect”. Na página, toque sobre a página “Verificar apps Protect”.

Habilitando o Google Play Protect no Android — Foto: Reprodução/Clara Fabro

5. Limitar a publicidade rastreada

Não Iphone (iOS), é possível limitar a exibição de publicidade nas configurações do dispositivo. De acordo com a Maçãos anúncios exibidos pela companhia não utilizam informações de quaisquer outros aplicativos instalados no celular e não são vinculados ao ID Maçã mas, sim, por um identificador aleatório.

Se quiser permitir esses anúncios personalizados, basta ir até “Aguardar”, acessar a aba “Privacidade” e, depois, tocar em “Publicidade da publicação” Maçã“. Por lá, basta desativar a chave ao lado de “Anúncios Personalizados”.

Desativando os anúncios personalizados da Apple — Foto: Reprodução/Clara Fabro

Além da Mação Google também permitir uma personalização de anúncios. Isso não quer dizer que não terá mais anúncios, mas sim, que uma publicidade será menos relevante. Ao acessar a página de configurações de anúncios da companhia (adssettings.o Google.com/authenticated), no entanto, é possível conferir as categorias utilizadas pela empresa para exibir publicidade e, se preferir, pode desativá-las.

Desativação dos anúncios personalizados na página Adsettings Google — Foto: Reprodução/Raquel Freire

Veja também: O que é GB WhatsApp? Conheça os recursos (e os riscos) ao baixar o APK

O que é GB WhatsApp?  Conheça os recursos (e os riscos) ao baixar o APK

O que é GB WhatsApp? Conheça os recursos (e os riscos) ao baixar o APK