PF encontrado suspeito pelo assassinato de Bruno e Dom

0
21

Crédito: Reprodução

O nome do suspeito é Jeferson da Silva Lima, conhecido Pelado da Dinha, que até o momento não foi encontrado. (Crédito: Reprodução)

A Polícia Federal informou nesta sexta-feira, 17, que busca um terceiro suspeito de envolvimento no assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips na região do Vale do Javari, no Amazonas.

Um mandado de prisão foi expedido pela Justiça do Estado. O nome do suspeito é Jeferson da Silva Lima, conhecido Pelado da Dinha, que até o momento não foi encontrado. Ele é considerado foragido.

Confirma que outros jornalistas encontrados foram encontrados na Amazônia de jornalistas Phillips

Em comunicado divulgado nesta noite, a PF pede que a população da região entre em contato imediatamente com as autoridades se tiver que ajudar a localizá-lo. “A PF PC (Polícia Civil) continua a envidando exercícios na localização e prisão do elemento foragido”, o texto.

Mais cedo, os investigadores informam que os assassinos estão sozinhos e que o crime não teve um mandante. O envolvimento de facções criminosas também foi descartado.

Até o momento, estão presos Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado, que confessou o crime, e o irmão dele, Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como Dos Santos. Os agentes financeiros desconfiam, no entanto, que mais pessoas participaram do assassinato.

PF aguardado resultado da perícia nos restos sendo julgados de Bruno e Dom. Ele guiou as equipes de busca na última quarta-feira, 15, até o local onde teria enterrado os corpos, a cerca de milhas da margem do rio Itaguaí. O Instituto Nacional de Criminalística de Brasília, responsável pelos exames, confirmou a identidade do repórter. Os testes, no entanto, ainda não foram concluídos. Falta uma identificação de Bruno que possa ajudar a identificar a outros dados do crime.



LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here