Como o mercado da música está reagindo à crise entre Simone & Simaria

0
13


Os bastidores de tudo que cerca o afastamento de Simaria dos palcos está movimentando não somente a internet, o circuíto de fãs e a mídia, mas também já é assunto principal na indústria fonográfica no Brasil, entre os grandes empresários. Algumas reações, sobretudo, não tem sido nada positivas no que diz respeito aos sucessivos escândalos, atrasos em shows e ao abalo emocional da cantora — situação escancarada publicamente durante uma entrevista ao titular desta coluna.

Amparadas pela gravadora Universal Músic e por gigantes do ramo sertanejo, Simone e Simaria hoje são uma incógnita. A torcida para que as irmãs superem a crise é grande, mas o futuro ainda é incerto. Após 10 anos de carreira juntas, Simone, pela primeira vez está tocando o barco sozinha para que a irmã cuide da saúde. São dezenas de campanhas publitárias fechadas até 2023 e um projeto recém-lançado: o Bar das Coleguinhas 2.

0

“Não é porque vencemos juntas que temos que morrer como ‘duplinha’”, proferiu Simaria, em uma outra entrevista que será levada ao ar no próximo Domingo Espetacular. Essas confissões, somadas ao comportamento da artista ao longo das últimas semanas, só reforçam a ideia de que sim, o fim de Simone & Simaria é uma possibilidade.

Visão empresarial 

Do ponto de vista de negócios, um rompimento agora seria extremamente conturbado. É o que nos afirma um dos mais importante empresários e contratantes de shows sertanejos no país, que preferiu não revalar sua identidade. “Óbvio que, alguns artistas se envolvem em polêmica e em alguns momentos até ganham com isso. Vários artistas usam isso como marketing, no caso das meninas, eu não acho que seja isso, acho que elas só tem a perder do que ganhar. Mais do que vendedoras de tikets, elas são muito forte em publicidade. Acho que grande parte da receita delas vem da publicidade, não é só a questão de ingressos e shows. E quando acontece algo desse tipo, no meu entendimento atrapalha muito”, opinou ele.

Teria Simaria levado a situação ao extremo?

No que essa crise interna pode acarretar no campo da publicidade e venda de shows? “Para o contratante acaba gerando sim um certo estresse, o público pode até querer o ingresso de volta. Sempre tem o público que não entende isso. Se você tem um conflito, não expor isso em mídia é o mais ideal. Tentar deixar de uma maneira mais reclusa para não ter essa repercussão negativa. Mas tem mais a perder do que ganhar”, enfatizou nossa fonte.

A crise entre Simone & Simaria se assemelha a de Edson & Hudson 

Na festa dos 40 anos de Simaria, realizada no início da semana, ela chegou a disparar críticas sobre a abordagem que estão fazendo em torno da situação. “Se estão descendo a lenha em mim, é porque estou fazendo a diferença. Podem falar mal, me esculhambem, digam o que quiser, mas quem conhece a Simaria de verdade é Deus. Quando vocês me conhecerem pessoalmente, vocês vão quebrar a cara, vão conhecer uma grande alma, uma grande estrela verdadeira”, proferiu ela em dado momento.

Na visão empresarial, Simaria poderia “segurar a onda”. Essa frase, inclusive, é a mesma usada por Edson & Hudon quando questionados sobre a separação deles entre 2009 e 2011, e que tanto rendeu assunto. Para a dupla, um grande arrependimento.

Questão mal resolvida pode impactar na publicidade

“As marcas ficam muito receosas em fechar novos contratos quando alguém se envolve em algum escândalo. No caso delas, é uma questão de entendimento, parece que existem algumas questões mal resolvidas do passado. Se fosse um caso de abuso, de agressão, um caso mais forte, seria o suficiente para as marcas rescidirem contrato. O caso delas não vai para esse extremo, mas óbvio que uma marca pensa muitas vezes antes”, analisa o empresário.

Carreira solo é começar do zero

Simone realizou na madrugada desta sexta-feira (17/6), em Paty dos Alferes, no Rio de Janeiro, seu primeiro show após o anúncio de afastamento de Simaria. Logo após cantar a primeira música, a cantora conversou com o público sobre a ausência da imã: “Vocês sabem que a Simaria teve que se afastar dos palcos. Embora eu possa ter exagerado no cuidado, porque quem ama cuida, eu sinto falta dela aqui. Posso contar com vocês pra ser minha segunda voz?”, declarou.

Para o especialista com quem conversamos, uma só cantando, não é a mesma coisa que as duas cantando. “Isso atrapalha sim na parte dos shows. Elas provavelmente vão cumprir a agenda, mas só com a Simone fazendo, por enquanto”.

A coluna LeoDias ainda vai ouvir outros grandes nomes do mercado da música a fim de que aprofundar em tudo que cerca o afastamento de Simaria dos palcos. 

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento, siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here