Ganhar dinheiro ouvindo música não Spotify não é possível de forma oficial, já que ainda não tem função nativa para isso no aplicativo de streaming de áudio para celulares Android e Iphone (iOS). Existem, porém, algumas outras plataformas e sites famosos que prometem recompensar pessoas que ouvem e derem opiniões sobre canções – como o Playlist Push, Current e RadioEarn. Cada um desses serviços possui regras e formas de pagamento – que são funcionais, interessantes e podem ser uma fonte de renda extra para os usuários.

O alerta sobre essa possibilidade de busca aumentar com o aumento das não tendências do Googlecomo “Spotify paga para ouvir música?” e “Como ganhar dinheiro ouvindo Spotify?”, já que as plataformas mencionam o streaming de áudio em páginas oficiais. TechTudo Preparou uma lista de perguntas e respostas para identificar se esses softwares são realmente seguros e se valem a pena. Confira a seguir.

Veja se é possível ganhar dinheiro usando o Spotify — Foto: Marvin Costa/TechTudo

Como baixar músicas do Spotify no PC? Comente no Fórum do TechTudo.

apps pagam para ouvir música e como funcionam?

Há aplicativos e plataformas que recompensam usuários com brindes e até dinheiro para música. O Playlist Push, por exemplo, foi pensado para criadores de conteúdo que possuem um bom número de seguidores em aplicativos de música, como o Música da Appleo Spotifyo Musica Youtube eo TikTok. Ao cadastrar as listas de reprodução do contrato, para conectar seus usuários com artistas que podem pagar, e contratar seus usuários com nomes de artistas que podem pagar, e contratar seu novo curador.

Na plataforma Current, o usuário pode sintonizar em mais de 100 mil estações de rádio gratuitamente, basta realizar o cadastro. Nela, é possível ouvir músicas mesmo com o celular bloqueado, o que permite também realizar outras atividades de forma simultânea. Os pontos ganhos são por cada música tocada, e, depois, podem ser trocados por dinheiro. Também é possível ganhar recompensas e vale-presentes ao participar de desafios, responder pesquisas e convidar amigos para uma plataforma.

Página inicial do Playlist Push e do Current — Foto: Júlio César Gonsalves/TechTudo

Aplicativo com funcionamento semelhante ao Outro RadioEarn, uma estação online de rádio gratuita. Após fazer o cadastro, o usuário pode sintonizar em várias estações e ganhar pontos, que podem ser trocados por dólares a cada 15 minutos de escutadas. Também é possível divulgar o link da rádio em um site ou nas redes sociais, de modo a acumular pontos sempre que tocar nele.

Vale a pena usar esses serviços? Quanto pagam? É preciso ter conta internacional?

De maneira geral, pode ser uma ideia interessante para usar esses serviços, mas é preciso estar atento a alguns detalhes. Para se qualificar como curador no Playlist Push, por exemplo, é necessário ter pelo menos 400 seguidores em aplicativos de música como o Spotify — então, é possível ganhar até US$ 12 (cerca de R$ 60, em conversão direta) por cada avaliação. Os pacotes são feitos na hora, diretamente na conta cadastrada, mas é preciso usar VPN para usufruir do serviço – já que, em tese, ele não funciona no Brasil.

Página inicial do RadioEarn e informações sobre o pagamento para ouvir música — Foto: Júlio César Gonsalves/TechTudo

O Current, por outro lado, não exige um mínimo de seguidores para participar. Além disso, através dele, é possível receber os pontos em forma de cartões de vários serviços, como Google Play Store e outros produtos físicos. Diariamente, o aplicativo lança novos desafios e tarefas que podem aumentar os ganhos e, segundo a empresa, é possível ganhar anualmente mais de US$ 600 (por volta de R$ 3 mil), com saque mínimo de US$1 (cerca de R$) 5), via PayPal.

O RadioEarn também não exige um mínimo de seguidores, a participação é 100% gratuita, com acúmulo de pontos a cada 15 minutos de músicas tocadas. O usuário escolhe se deseja trocar seus pontos por dinheiro, cartões-presentes e até bitcoins – o que pode ser feito no mês subsequente, com os valores convertidos para dólar.

Você está seguro de usar esses aplicativos?

Uma das melhores formas de avaliar a funcionalidade e segurança de um aplicativo é por meio das estimativas dos usuários. A plataforma Atual, possui muitos adeptos no Brasil, e relatos nas redes sobre como exemplos de vídeos do serviço. Boa parte dos atribuídos entregues para acesso aos valores e chegaram a provas do recebimento. Por outro lado, há alegações a respeito de outros trabalhos e consumo excessivo de memória ao usar o serviço, além de ser difícil chegar aos valores de outro lado, para saque.

Já não há Playlist Push, muitos usuários com relação ao recebimento das recompensas. Com relação a pessoas, o aplicativo possui uma política de privacidade em que afirma que diversas informações do usuário serão recolhidas para uso com informações, como ações e ações antifraude. A empresa ainda garante que essas informações serão mantidas sob sigilo, mas não se responsabiliza por divulgações não intencionais, como durante um ataque hacker. Vale lembrar, porém, que, no Brasil, todos os apps e serviços são subjugados à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

A RadioEarn e Playlist Push possuem políticas de privacidade disponíveis em seus sites — Foto: Júlio César Gonsalves/TechTudo

O RadioEarn possui uma política de dados de aparência com um Playlist Push, e garante que não divulga ou acessa dados de maneira não padrão. O aplicativo, porém, várias alegações de serviço na web, com muitas alegações possui uma imagem negativa, possui uma maneira negativa de servir tanto a pena que não pode utilizar os valores.

Veja também: Como colocar música do Spotify sem Instagram

Como colocar música do Spotify no Instagram

Como colocar música do Spotify no Instagram