O desaparecimento do indigenista Bruno Pereira do jornalista britânico Dom Philip brasileiro na Amazônia se última semana das principais pautas. De acordo com o Googlebuscas ao caso foram feitas em diversos lugares do mundo.

Os termos “Dom e Bruno”, “Bruno Pereira” e “Dom Philips” foram pesquisados ​​em mais de 50 países. O Brasillocal onde o caso aconteceu, liderou as buscas, seguido por Portugal, Irlanda e Reino Unido.

publicidade

Leia também!

Segundo o tendências do Googleferramenta que dimensiona as pesquisas feitas no Google, “Dom Philips” se tornou um dos 10 termos de crescimento dentro do Google Notícias em todo o mundo nos últimos sete dias.

A plataforma ainda relata que os termos “Dom Phillips”, “Dom e Bruno” e “Bruno Pereira” ficaram entre os 50 termos mais pesquisados ​​do Google Notícias nos últimos sete dias no Brasil, houve uma alta de mais de 2.550% nas pesquisas pelo nome da dupla.

UMA floresta amazônica e o Vale do Javari, região onde os dois desaparecem, também mostraram um crescimento nas buscas do Google. As pesquisas pelo último bioma8 uma alta de mais de semana0% no Brasil na última semana.

Enquanto a região do Vale do Javari teve um salto de mais de 310% nas buscas no Google Notícias no Brasil e um aumento de 300% nas buscas em outros países do mundo.

Bruno Pereira e Dom Philips
Bruno Pereira e Dom Philips. Imagem: Reprodução/Redes Sociais

O caso Bruno Pereira e Dom Philips

A dupla em 5 de junho enquanto se deslocavam pelo rio Itaquaí, entre a comunidade de São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte, no extremo oeste do Amazonas. A região fica próxima ao Vale do Javari, conhecida por abrigar o número de indígenas não contatados do mundo, além de ser palco de conflitos relacionados ao tráfico de drogas, garimpo ilegal e maior roubo de madeira.

UMA Polícia Federal confirmou que Amaril da Costa Oliveira, confessou ter assassinado o jornalista e o indigenista. O suspeito ainda indicou à PF onde havia enterrado como vítima à. A equipe da PF apontada restou no local apontado por Amaril e o material seguirá para análise em Brasília.

Bruno Pereira e Dom Philips eram conhecidos por seu trabalho a favor da preservação da Amazônia e proteção dos povos indígenas. O que faz uma expedição no local para fazer reuniões e cinco aldeias sobre a seleção de entrevistas com lideranças indígenas para um novo livro.

Já assistu aos novos vídeos no Youtube do Olhar Digital? inscreva-se no canal!