Crédito: Pixabay

O Ceará tem quatro casos suspeitos da doença (Crédito: Pixabay)

Um caso suspeito de variola dos macacos foi notificado, nesta quinta-feira (16), em um morador do município de Cedro, no Ceará, a 394 de Fortaleza.

É um homem de 54 anos que teve contato com uma pessoa de São Paulo. Ele teve os primeiros sintomas da infecção, nesta quarta-feira (15), e foi internado no Hospital e Maternidade Zulmira Sedrim de Aguiar. O estado de saúde considerado estável, de acordo com a nota da prefeitura de Cedro publicada nas redes sociais. O Ceará tem quatro casos suspeitos da doença.

Nesta quinta, o Ministério da Saúde informou o registro de mais um caso confirmado no estado de São Paulo. É um paciente do município de Indaiatuba, de 28 anos, com histórico de viagem para a Europa. Ele está em isolamento domiciliar e apresenta quadro clínico estável, sem complicações e sendo monitorado pelas autoridades de saúde municipal e estadual.

Confirmados

Atualmente, o Brasil registra seis confirmados, quatro em São Paulo, um no Rio Grande do Sul e um no Rio de Janeiro. Treze casos suspeitos estão em investigação.

A doença é transformada por um vírus que infecta macacos e pode contaminar humanos. A África geralmente em regiões florestais da ocorre Central e Ocidental.

+ Brasil registra 32.934 novos casos de Covid e mais 151 mortes, diz ministério

A variola dos macacos tem fácil transmissão por gotículas de via aérea, contato como pessoas e no compartilhamento de objetos, como lençol e roupa.

Os sintomas são febre, mal-estar, dor no corpo, náuseas, vômito, ínguas e manchas vermelhas na pele que aumentam de tamanho e bolhas com líquido rico em vírus.

Não há um específico contra a doença, apenas tratamentos para melhorar os sintomas.