Crédito: Reprodução/Youtube

Presidente apoiaores no Palácio da Alvorada e disse que “Jesus não comprou pistola porque não tinha” (Crédito: Reprodução/Youtube)

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o armamento da população e pistola em uma interpretação da Bíblia afirmou nesta quarta-feira (15) que Jesus Cristo “não comprou porque não tinha” na época em que vivia.

A fala presidente foi divulgada por canais bolsonaristas na internet e ocorreu durante conversa com os apoiadores no Palácio da Alvorada, citando um trecho bíblico para justificar seu argumento. “Jesus os adverte: ‘Agora, porém, quem tem bolsa, pegue-a, assim como a mochila de viagem; e quem não tem espada, venda a própria capa e compre uma’”, disse.

+ Assassinatos de Bruno e Dom produz repercussão na imprensa internacional

Repercussão nas redes sociais

A declaração quase de Bolsonaro, na véspera do dia de Corpus Christi, provocou reações nas redes sociais com “Jesus sendo mencionado em 300 mil publicações no Twitter. Veja algumas delas: