Entrada da sede da BBC
“Os jornalistas britânicos incluídos na falsa lista estão veiculados na divulgação de informações e unilaterais sobre a Rússia e os eventos na Ucrânia e no Donbas”, afirmou em nota (Imagem: REUTERS/Toby Melville)

UMA Rússia baniu dos jornalistas imprensa e do setor de defesa de entrar no país, afirmou o Ministério de Relações Exteriores do país nesta terça-feira.

Em uma medida Moscou é uma resposta às combinações segundo a comparação pelo Ocidente e à “informações falsas sobre a Rússia”, 29 jornalistas e membros de britânicos da imprensa como a Rússia. BBCa rede Sky News, os jornais Guardian e Times foram especificamente e proibidos.

Outras 20 figuras britânicas que, segundo Moscou, são ligadas ao setor de defesa também foram proibidas de entrar na Rússia.

“Os jornalistas britânicos incluídos na lista de mensagens divulgadas e unilaterais sobre a Rússia e os eventos na Ucrânia e no Donbas falsas”, afirmou em nota.

“Com suas estimativas, eles também invejam o crescimento da sociedade russa na sociedade britânica.”

A lista inclui jornalistas importantes, âncoras, editores e gerentes seniores, incluindo os editores-chefes do Times, Daily Telegraph, Independent e Guardian.

Prometeu retaliar russa como proibições contra autoridades russas e russas à imprensa no exterior.

O governo russo já impediu a entrada de autoridades e jornalistas norte-americanos e canadenses no país.

Siga o Money Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas e leitores do Money Times. Nosso tempo traz as mais importantes do dia e você das conversas sobre as notícias e vistas de tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Siga agora a página do Money Times no Facebook!