famosa corretora de investimentos cancela divulgação de pesquisa eleitoral; descubra o motivo

0
19

Uma das maiores corretoras do país, a XP Investimentos decidir cancelar a divulgação de uma pesquisa eleitoral, realizada em parceria com o Ipespe, que estava programada para ocorrer na sexta-feira. O levantamento vem uma grande vantagem de Lula nas intenções de voto para presidente, e teria sido barrado após pressão de apoiadores de Bolsonaroincluindo ministros.

A informação é da colunista da Folha de S. Paulo, Monica Bergamo. Ela revela que a pressão sobre a XP vinha crescendo nas semanas, com ataques nas redes sociais e clientes, sobretudo os ligados ao agronegócio, retirando suas carteiras de investimento da últimara.

A publicação após a semana passada, de divulgação que 35% teria chegado na pesquisa ao olhar, enquanto 30% presidentevam essa qualidade no atual olhar.

Nas redes sociais, o senador Flávio Bolsonaro foi um dos que mostrou sua indignação com o resultado da encosta: “O mesmo instituto deu Lula com 45% e Bolsonaro com 34% kkkkk”, escreveu o senador. Até o mesmo ministro chegou um telefone para chegar a satisfação.

Atendente de diretores e acionistas da XP com essas reações minor a aceitam a cancelar a divulgação da pesquisa e transferir uma parceria com o Ipespe para outra do mesmo grupo, o Infomoney. O levantamento que foi publicado na sexta, inclusive, já foi publicado no TSE pelo Infomoney e o portal que deve publicar como próximos.

‘Novo formato’

Em resposta enviada à coluna de Bergamo, a XP Investimentos, mas com a pesquisa que escolherá desistir de divulgar, e afirmou que seguirá realizando o levantamento em novo Ipedospe, a partir de um novo formato. Veja a íntegra da resposta:

“A XP nega que a pesquisa será fechada e ratifica que contrata diversos estudos de diferentes institutos com o intuito de auxiliar seus clientes a tomarem as melhores decisões sobre os tipos de investimento.
A realização das pesquisas com periodicidade mensal, com número de entrevistas realizadas em relação aos levantamentos anteriores, oferecendo essa maneira uma ferramenta ainda mais ampla para que os investidores tenham o cenário eleitoral e seus impactos no mercado. As próximas pesquisas registradas no Tribunal Superior Eleitoral já estarão disponíveis ao novo formato.”

Todas as pesquisas de intenção de voto para presidente da empresa a vantagem de Lula. A última publicada pela XP, na semana, apresentada o petista com 44% das intenções, contra 31% do atual. Considerando a margem de erro, Lula poderia ganhar ainda no 1º turno.

Amaury Nogueira

Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente agrega pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para conhecimento na redação do portal de notícias FDR.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here