São Paulo sai na frente, mas sofre empate do Coritiba no Brasileirão

0
20

[ad_1]

O São Paulo pagou mais uma vez o preço por não conseguir definir o jogo no primeiro tempo. A equipe do técnico Rogério Ceni teve excelente atuação nos 45 minutos iniciais, abriu o placar com Calleri e criou diversas chances para ampliar, mas não marcou e viu o Coritiba buscar o empate por 1 x 1 na etapa final, nesta quinta-feira (9/6), no Couto Pereira, pelo Brasileirão.

O resultado é uma repetição do que aconteceu no último sábado, quando o São Paulo saiu na frente, desperdiçou uma pênalti e viu o Avaí igualar o marcador. Com o quarto resultado de empate seguido (1 x 1 com Corinthians e 2 x 2 com o Ceará), o time de Rogério Ceni não conseguiu dar o salto desejado pelo treinador na tabela, ocupando o sexto lugar. O Coritiba está uma posição acima, em quinto. Ambos somam 15 pontos.

A estratégia de Rogério Ceni para tentar derrubar o invicto Coritiba foi fazer do Couto Pereira o Morumbi. O São Paulo adiantou suas peças para fazer pressão na saída da bola, forçou o erro e abriu o placar. Diego costa roubou, Rafinha inverteu o jogo para Reinaldo, que cruzou entre os zagueiros para Calleri entrar de carrinho para apagar logo aos 4 minutos o pênalti perdido no empate com o Avaí. Foi o nono gol do argentino em dez jogos no Brasileirão.

Após o êxito inicial, o São Paulo deu início ao segundo passo do plano de Rogério Ceni: manter o foco. O treinador cobrou atenção total do time nos 90 minutos, algo que faltou e custou caro no jogo em Santa Catarina. Os jogadores entenderam o recado e seguiram em um ritmo intenso. O treinador queria o segundo gol para encaminhar o triunfo ainda no primeiro tempo. Não faltaram chances. O placar não foi alterado uma segunda vez antes do intervalo.

O Coritiba voltou diferente para o segundo tempo. Gustavo Morínigo colocou Robinho no lugar de Val para ganhar mais qualidade na saída de bola e reforçou ainda mais o setor ofensivo com um quarto atacante. Clayton entrou na vaga de Thonny Anderson para atuar com Adrián Martínez, Igor Paixão e Alef Manga e incomodar os três zagueiros do São Paulo. Era tudo ou nada.

Os papéis se inverteram em relação aos primeiros 45 minutos. Agora era o Coritiba que pressionava na saída de bola e criava chances, rondando com perigo o gol de Jandrei. E o empate não demorou. Com uma boa dose de sorte, aos 14 minutos, Alef Manga finalizou no canto, longe do goleiro do São Paulo, após uma cobrança de falta malsucedida sobrar para o atacante na área.

Rogério Ceni demorou um pouco para modificar o São Paulo, mas, ao colocar Patrick e abrir mão do volante Luan, impulsionou o time novamente ao ataque. O Coritiba também não diminuiu o ritmo e o jogo ficou aberto. Era uma chance de um lado e outra quase que imediata como resposta. As equipes não foram mais eficientes e o jogo terminou mesmo com igualdade.

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 1 X 1 SÃO PAULO

CORITIBA – Alex Muralha; Natanael, Luciano Castán, Henrique e Guilherme Biro; Val (Robinho), Bernardo (Galarza) e Thonny Anderson (Clayton); Adrián Martínez (Neilton), Igor Paixão e Alef Manga (Fabrício Daniel). Técnico: Gustavo Morínigo.

SÃO PAULO – Jandrei, Diego Costa, Miranda e Léo; Rafinha, Luan (Patrick), Nestor, Igor Gomes e Reinaldo (Welington); Luciano (Eder) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

GOLS – Calleri, aos 4 minutos do 1ºT, e Alef Manga, aos 14 minutos do 2ºT.

ÁRBITRO – Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

CARTÕES AMARELOS – Diego Costa, Adrián Martínez, Alef Manga, Igor Paixão, Igor Gomes e Eder.

LOCAL – Couto Pereira, em Curitiba.

[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here