Oi (OIBR3) conclui a venda da fatia da unidade de fibra ao BTG após as renegociações; ajusta a fatia alienada em 65,3%

0
18

Ópera Amor (OIBR3;OIBR4), em recuperação da venda parcial da unidade de fechamento da fibra óptica InfraCo – ou V.tal – aos fundos do BTG PactualBPAC11Submarinos com Globenet Cabos. Os novosinvestidores passam assim bloquear o controle da operação.

A proposta foi homologada como vencedora pelo Juízo da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro em julgamento em 5 de outubro de 2020.

O valor da operação, considerando o somatório da parcela Primária; da Parcela Secundária; das Parcelas Primárias Adicionais; e do valor justo da Incorporação do Investidor, totaliza um montante de R$ 12.923 bilhões.

Com as renegociações, os novosinvestidores assumem 51% da subsidiária, para, após as etapas, passarem a ações deter, antes de quaisquer ações de preço,presentes de 57,9% do capital social votante total da V.tal.

A conclusão a ser concluída. sua participa 65,28%.

“O fechamento da operação ocorreu após o contrato de acordo com o contrato de acordo com o contrato de projeto de capacidade FTTH para reflexão do contrato. Oi comercial mais favorável à Oi comercial no preço de serviço por HC e mensaljuste não compatível, em contrapartida, os preços dos serviços”, destacou a companhia no comunicado.

A Oi já havia anunciado a possibilidade de configurações à negociação. Em outubro de ano passado, a Oi disse que as mudanças podem ocorrer a “com base em medições de desempenho da SPE.

A venda de fatia na unidade de fibra óptica faz parte do plano de recuperação da Justiça da Oi.

Para aequipe da Genial Investimentos, o fechamento da operação “abre espaço para que a Oi sanar parte de suas dívidas”. “Com as últimas notícias e este encerramento (fechamento), é uma questão de tempo para a grande afirmação e uma saída para a recuperação da justiça”, em nota em nota a clientes.

Detalhes da Ópera

O fechamento da operação, na forma da proposta já divulgada em 1 de outubro de 2021, contempla, na data de Fechamento, a contribuição das seguintes parcelas:

(i) Parcela Primária: nestes dados houve uma subscrição e integralização pelo Investidor de novas representações ordinárias do capital social ações da V.tal, mediante contribuição de um montante em dinheiro de R$ 1.776.100.067,34;

(ii) Parcela Secundária: nestes dados houve um aumento de ações pelo Investidor de ações pela Oi representações sociais do capital votante da V.tal, mediante pagamento de um pagamento em dinheiro de R$ 8.010.200.000,01, a ser pago ao Investidor em até 3 (três) parcelas, sendo R$ 4.261.708.781,14, pagos nesta data e restante a ser pago até 2023.

Desta forma, nesta data, imediatamente após o fechamento, o Investidor passou a deter 51% das representações do capital social total das ações, ea Oi, 49% das mesmas ações.

Numa segunda etapa, em até 90 dias após os dados de fechamento, serão realizados ainda, como as seguintes contribuições à V.tal pelo Investidor, como antecipação no Acordo de Investimentos:

(iii) Parcela Primária Adicional – I: I: Primária Primária e Antes da Incorporação do Investidor, sub-integralização pelo Investimento Ordinário, representações do capital social votante da V.tal,3,3 Descrição, mediante contribuição de um montante em dinheiro de R$ 1.258.2.223 33;

(iv) Incorporação do Investidor – Parcela imediatamente após o aumento de Capital Primária Adicional I, incorporação do Investidor ações pela V.tal, com a emissão de novas ações ordinárias pela V.tal, representações do capital social votante da V.tal. O valor justo do Investidor Considerado para fins da Incorporação foi de R$ 1.518.80.000,00, atestado por relatórios de avaliação econômico-financeira elaborados por empresas de avaliação independentes pelo Investidor e pela Oi, na forma do Edital Público, nos termos Cláus 3.9.4.2 Do Aditamento ao PRJ; e

(v) Parcela Primária Adicional – II: Descrição Primária e Preliminar0 após a Incorporação do Investidor, sub integralização pelo Investimento Ordinário, representações do capital social votante da V.tal., mediante contribuição de um montante em dinheiro de R$ 360.000, 00.

Adicionalmente às contribuições do Investidor à V.tal, e também até 90 dias de fechamento, a companhia receberá o seguinte pagamento:

(vi) Pagamento – a V.tal Dividendo a Telemar, em valor de pagamento.

Em Decorrência da implementação das etapas, os Acionistas do Investidor passarão a deter, antes de quaisquer configurações de preço, as ações representam 57,9% do capital social votante e total da V.tal, permanecendo a Companhia e suas afiliadas com a participação restante no Capital Votos e Total.

O Contrato e seus Instrumentos correlatos contemplam ainda a celebração entre a V.tal e a Oi e/ou suas afiliadas de contratos de processo de capacidade e outros contratos opacionais, bem como de acordo de acionistas da V.tal, entre o Investidor e a Oi.

Contratos de partes, ainda não mencionados Termo de partes, mantidos como verificações e fechamento sobre cada um dos componentes financeiros e de outros contratos previstos no capital (tais realizados, OP e outros contratos de vida) ) para determinar o ajuste de preço cabível, uma descrição aplicada através do exercício de bônus de subscrição pelo Investidor, na forma da Cláusula 6 do Contrato. Como resultado, a participação total do investimento, as partes foram realizadas em favor da participação de participação. ), tal como descreve a seguir.

Como resultado das contas calculadas para participação social, as partes concordam que o Ajuste de Participação implementado da seguinte forma: (30 dias contados participação dos dados, um ajuste de 3,65% do total e votante da V.tal) ; e (ii) em 31 de julho de 2023, um ajuste de participação de até 3,73% do capital social total e votante da V.tal, em função da aplicação e apuração das condições mais favoráveis ​​​​para a Oi negociadas no FTTH , como contrato mencionado acima, durante este período, o que resultará, após a consumação das etapascritas acima, em uma participação do Investidor de até 65,27% na V.tal.

Foi detalhadamente, no Termo de Fechamento, a manutenção de ajustes ativos (equipamentos de casa cliente) na Oi, em função da otimização do modelo de operação com a V.tal, com a resolução de ajustes de contratos a esses previamente previstos no ser contrário a.

“locked box” (resultados de caixa atribuída ao Investidor a partir do início do exercício 2022), via aporte de caixa da Oi na V.Tal.

O valor da Operação, considerando o somatório da Parcela Primária, da Parcela Secundária, das Parcelas Primárias Adicionais, e do valor justo da Incorporação do Investidor, totaliza um montante de R$ 12.923.338.290,68.

A Oi informa, ainda, que, com a conclusão da Operação, ocorreu a quitação integral de todos os compromissos privados, da espécie com garantia real, para colocação privada, da 1ª emissão da V.tal (“Debênture”), no valor total atualizado de R$ 3.526.25.350,00, cujo valor foi parcelado com recursos pela Oi na V, que foram aportados pela Oi na V. detidas pelos Debenturistas após a conversão das debêntures em ações da V.tal., em linha com o disposto na Escritura de Emissão das Debêntures.

“A conclusão da Operação,nesta dados,apresentando uma implementação consolidandose como uma das maioresprovidoras de serviços de velocidade e de soluções para empresas de transporte”,re a companhia.

(via Reuters)

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here