Suspeita por conexão com milícia exibe face blogueira no Instagram

0
24

Rio de Janeiro – Mariana Viana da Silva, de 25 anos, tem um perfil aberto no Instagram com quase 5 mil seguidores. Por lá, ela ensina receitas, dá dicas de moda, aparece fantasiada de Wilma Flinstone em festa de criança e, por diversas vezes, surge em poses na praia do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste carioca.

Casal de milicianos é preso com granada e tinha porta de casa blindada

Ela incluiu em seu nome de usuário no Instagram o termo em inglês “million” – uma referência a “milhão”. E, no momento atual, a Polícia Civil do Rio investiga justamente o montante movimentado por Mariana e seu companheiro, o ex-militar Mauro Ferreira Alves Júnior, de 38 anos, que acabou expulso da corporação.

0

Investigados por uma suposta conexão com a milícia de Rio da Pedras, favela localizada na zona oeste, eles foram presos na última segunda-feira (6/6) na residência onde moravam.

No endereço, a polícia se deparou com uma porta blindada e, ao entrar, localizada do granadas, dois coletes, duas armas, carregadores e munição, porretes e facões. Também se tornou conhecido com os moradores da comunidade local.

Na rede social, a casa era o cenário de vídeos por Mariana, obviamente sem arsenal guardado por lá. Nas imagens, ela aparecia fazendo coreografias ou falando para seus seguidores.

“Que festa linda”

De acordo com a polícia, Mariana também aparece em outro vídeo, registrado pela câmera de segurança do prédio no momento da chegada dos agentes da 14ª DP. Ela teria lançado um saco de armas e com o tal caderno de anotações em um terreno baldio ao lado do prédio do casal.

Há semanas, Mariana também fotos do churrasco de seu aniversário de 25 anos. Em uma das publicações, ela companheirou o companheiro: “ElogieEu não tenho palavras agradecer a você, todo esforço, para com tudo para mim prazer. Que festa linda, te amo”, escreveu a blogueira.

Em sua bio no Instagram, ela se identifica como empreendedora e indica o link do perfil de sua loja de roupas femininas.

“Sobre o lado de um post onde aparece na Praia do Pontal, endereço que ela morava.

0

Vida de casal

O casal morava de aluguel em um apartamento no Recreio dos Bandeirantes.

Segundo a 14ª DP, o ex-policial Mauro Ferreira, conhecido também como Meleca, tem ligações com outras partes da investigação e agia em regiões como outras Curicica e Terrei, com a participação de Mariana.

A polícia também localizou um carro roubado no Rio e clonado. O casal vai responder por porte de arma de fogo de uso restrito, receptação e organização criminosa.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here