Nubank completa seis meses na bolsa e queda absurda assustando investidores

0
28

De acordo com analista, o Nubank tem dificuldades de conversor sua base crescente de usuários em lucro. Saiba mais!

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

No dia 9 de dezembro de 2021, o Nubank entrou oficialmente na Bolsa de Valores com um dos maiores IPOs da história em número de investidores. Mais de 7 milhões de clientes embarcaram na oferta da fintech e aceitaram um “pedacinho” na proposta pública de ações da empresa.

Embora o Nubank tenha querido muitos olhares no final do passado com uma estratégia de marketing bastante elaborada, a situação roxinho não tão bem. As ações da fintech já caíram 50% em seis meses, assustando muitos investidores.

Influência de grande investidor e macroeconomia da época Nubank para o sucesso das ações

Os papéis do Nubank começaram a ser negociados na ocasião em NYSE no dia 9 de dezembro de 2021, em representação de US$ 9. .

“O Nubank tinha uma grande vantagem que foi entrar em um mercado muito competitivo com uma base muito forte e engajada de milhões de clientes. O mercado pensava que não estava certo, só precisava monetizar. Apesar de ser uma grande empresa, o valor estava muito estimado”explica o economista Fabio Louzada ao E-Investidor.

Entretanto, alguns, na época da escolha, fatores que os investidores tomaram em conta, como:

  • Influência do grande investidor Warren Buffet, que meses antes do IPO realizou um porte de US$ 500 milhões no Nubank;
  • A macroeconomia da época não era tão incerta como observada nos últimos meses.

Nubank tem dificuldades de conversor sua base crescente de usuários em lucro

Apesar de algumas pessoas não se incomodarem com a situação, a maior parte dos investidores mostra-se céticos em relação às quedas das ações do Nubank.

Ao Estadão, Rodrigo Lima, analista de investimentos da Stake, pontua que, embora a fintech apresente uma expansão contínua na base de clientes, a empresa tem dificuldades em converter isso em lucro.

Para completar, outro ponto recente deixou os investidores alarmados: o pacote de mais de R$ 804 milhões destinado aos executivos do Nubank. De acordo com a companhia, os membros da diretoria só ganharão o pacote milionário se metas ambiciosas foram atingidas.

Aumento da inadimplência traz riscos para o Nubank

O aumento da inadimplência é outro fator que continua deixando o mercado alarmado. O cenário de juros em alta prejudica a oferta de créditoque é uma das principais atividades geradoras de caixa nenhum ramo bancário. O risco de risco-se maior porque tem dificuldades de arcar as despesas.

“A companhia conseguiria aumentar por comparando, só que isso pode ter uma inadimplência alta. O mercado está desconfiado de como o Nubank vai dar crédito de uma forma saudável para um público que, muitas vezes, nunca teve a crédito”aponta o economista Fabio Louzada ao E-Investidor.

No dia 16 de maio, o Nubank os resultados de suas referências ao primeiro trimestre. Os dados apontam que um fintech registrou um diário líquido de US$ 45,1 e um milhões lucro ajustado de US$ 10, milhões.

A receita do banco digital atingiu um recorde de US$ 877,2 milhões no primeiro trimestre de 2022, um crescimento anual de 226% na comparação. O CEO da companhia, David Vélez, chegou a afirmar que este foi o “trimestre mais forte” da história do Nubank.

CEO diz estar confiante que o Nubank vai conseguir reverter situação atual

O CEO do Nubank, David Vélez, que no final do mês de maio reagiu às críticas que a fintech recebeu de investidores e analistas, fez uma avaliação positiva dos seis meses da companhia na Bolsa de Valores de Nova York.

De acordo com os papéis que são inflacionados, Investido ou o principal motivo de queda dos fatores macroeconômicos, guerra Ucrânia e Ucrânia nas taxas de crescimento que atingem o mercado de desde que o Nu estreou na bolsa.

Além disso, o executivo está confiante de que a fintech vai conseguir reverter a percepção negativa do mercado e rentabilizar a base de usuários a partir de novos produtos.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here