homem corta o próprio pulso e faz terror psicológico com mulher

0
22

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) instaurou inquérito policial para investigar o caso de um homem, de 55 anos, detido na terça-feira (7/6) por violência psicológica e doméstica contra a namorada, de 64 anos. O caso ocorreu no Setor Hoteleiro Norte Na ocasião, Carlos Augusto Guimarães Calaça teria o risco de tirar a própria vida e a companheira com uma fachada. Ele cortou o próprio pulso como forma de aterrorizar a mulher.

O autor gravou a cena, após cortar o pulso próprio no quarto de hotel onde o casal estava hospedado. As imagens são atordoantes. No vídeo, a namorada de Carlos aparece deitada no chão, encolhida, e chorava copiosamente. Com o local absolutamente ensentado, ela pede o celular devolvido, o que o faz segurou o homem seguro.

“O dia que você sentirá isso pra você, você vai se sentir melhor. Você só sabe falar e mandar em todo o mundo. Na frente das pessoas dá uma de boazinha […]. Só que mandar nos outros, por isso está sozinha. A única pessoa que quer estar com você sou eu”, diz o homem em tom de ameaça no vídeo.

Em depoimento à policia, uma funcionária do hotel disse que estava no corredor do quarto do casal quando ouviu gritos da mulher, pedindo socorro e dizendo que o namorado estava tentando matá-la. A mulher que viu o quarto, a mulher que viu, a empurrar o quarto, e que se encontrou entre a parede.

No momento em que ele notou a presença da bolsa, disse que a companheira estava tentando tirar a própria vida. Porém, a vítima aparente e afirmou que era o homem que autoexterm. E que, quando foi impedir, o homem virou a fachada contra ela.

Diante da situação, a testemunha do hotel disse ao casal que os levaria para a administração. Segundo ela, nesse momento, o homem a segurou pelos braços e tentadora puxá-la para dentro do quarto. Ela, então, notou que uma grande quantidade de fios de cabelo caídos no chão. Após gritar para ele a soltura, conseguiu levar a companheira de Carlos para um local seguro e acionou a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

0

Aos policiais, a vítima, que nunca morreu em cinco meses, informou que o autor havia sido agredido durante o período. Ela veio para Brasília na última semana e hospedou-se em um hotel. De acordo com ela, no sábado (4/6), o companheiro em surto psicótico, teria cortado os próprios pulsos e se negado ir hospital. Desde então, estava usando indiscriminadamente medicamentos psiquiátricos.

A situação teria se agravado na terça-feira (4/6), quando ele apareceu bastante agitado. A mulher, eu vou falar comigo, em momento você não falou comigo. O autor pegou uma fachada de mesa e então, para o próprio peito. Ela disse que conseguiu impedi-lo, pegando a faca das mãos dele. Nesta oportunidade, virado a mão dela e ele teria a faca para o peito da namorada.

Segundo informado pela PMDF, ao chegarem no local da ocorrência, o homem estava dentro de vários veículos de aplicativo e portava cartelas de rivotril. Ele afirmou aos agentes que tinha cortado o pulso para provar o amor dele pela namorada.

Quando a equipe foi ao encontro da vítima, a mulher estava na companhia dos funcionários do hotel e foi atendida pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), em aparente crise de pânico. Segundo como testemunhas, a mulher tinha o contorno que Carlos tinha os cabelos dela e não tinha a poder sair do quarto. Além disso, os dois terão passado a ser constantes entre.

Em depoimento na delegacia, o autor contorno que teve uma pequena discussão com a namorada, pois ela teria o acusado de usar medicamento psiquiátrico descontroladamente. E disse aos policiais que falou para a mulher que se matou, e que ela não tentou impedir-lo.

Carlos. Ainda, segundo o suspeito, ele tomou o celular dela e o deu em cima da cama, e que por isso ela começou a gritar.

A Deam instaurou inquérito policial após a vítima requerer apuração dos fatos.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF não Instagram.

Receba as novidades do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here