gata leva chute e fica com focinho desfigurado no DF

0
17

Uma veterinária do Distrito Federal luta para salvar uma gatinha, de 3 anos, vítima de maus-tratos. O animal foi resgatado nessa terça-feira (7/6), em Planaltinacom um rosto completamente desfigurado e sob os cuidados de uma clínica na Asa Norte.

Segundo a medicina veterinária, o autor das soluções não identificadas e os médicos foram causados ​​pela missão de socorro não identificado e os médicos foram causados ​​pela missão agravada por um socorro. As imagens são fortes.

“Deslocou a mandíbula, não conseguiu comer e ficou nesse estado. A pele necrosou e o rosto foi desfigurado”, comenta a veterinária Isabela Simas, responsável pelo resgate.

Veja imagens do animal:

0

Confira imagens da felina:

No momento, o custo está sendo apenas pela medicina veterinária, e deve ser mil devido a casa dos R$.

“Precisará de cirurgia reconstrutiva da face, pois não respira mais pelo nariz, danificou tudo”, revela Isabela. “Ela entrou em coma, quase morreu, pensamos até em eutanásia, mas resolvi tentar salvá-la”.

Ações de tratamento e tratamento no DF reduziram em 39 eutanásia em cães

Quem quiser saber mais sobre o caso e ajudar a gatinha pode entrar em contato por meio do número (61) 99955-3096. O Pix para doações é o CPF 043.042.351-92.

Cadela é esganada na Asa Norte

Episódios de violência contra cães, gatos e outros animais de terem sido comuns no Distrito Federal No último dia 19, o Metrópoles mostrou o caso onde um homem esganou uma cadela em um gramado situado entre as quadras 202 e 203 Norte. O local é apelidado moradores de “campinho dos cachorros”.

A dona de uma dach, popularmente conhecida como “salcha”, estava com o pet no gramado, junto de outros moradores da vizinhança, quando um homem teria se irritado com a cadela Bigu, porque o animal segue la chamadasichatindo para o seu cachorro. Após largar a cadela, ele teria dito à dona de Bigu que, “se ninguém educa, alguém tem que educar”.

Restos de proteção de animais em congeladores

A 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia) investiga um outro caso de maus-tratos a animais, ocorrido numa chácara na zona rural da região administrativa. O dono de um abrigo de armazenava restos de proteção de animais e gatos em refrigeradores freezers no local.

Dentro de um galpão de chácara, a PCDF e protetores de animais encontrados ossadas de animais dentro de sacos de ração.

Estrangulado e morto após discussão entre vizinhos

Em março, uma cachorrinha de raça definida foi estrangulada até a morte, em Águas Lindas (GO). O município fica a cerca de 51km de distância do Distrito Federal. A cadelinha foi morta após uma discussão entre vizinhos. O certo autor do crime de maus-tratos acabou preso.

O dono da cachorrinha teria tido uma discussão com o vizinho. Segundo o tutor, o desafeto teria arrastado a cadelinha para a rua e estrangulado até a morte. Em depoimento à polícia, Pedro teria admitido o crime. Mas apresentou outra versão, alegando que teria matado a cachorra para se defensor. Ele teria dado um chute no cão, que bateu a cabeça na parede e morreu.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF sem Instagram.

Quer notícias do DF direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesdf.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here