empresa lança nova marca e mira chegar ao topo em 3 anos

0
17

A XP anunciou recentemente sua marca de banco atacado. Entenda o significado deste nome e quais as mudanças que vão acontecer com a empresa!

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

A XP anunciou nesta quarta-feira (8) a sua marca de banco atacado. Pelo nome, que parecer essa é uma empresa relacionada ao varejo, mas, verdade, esse é o tipo de instituição que presta serviços bancários a clientes, agências governamentais, incorporadoras imobiliárias, mega equipamentos e outras instituições financeiras.

A premissa dessa nova marca é organizar sua estrutura para competir mais diretamente com os grandes conglomerados financeiros do país e preparar a internacionalização do XP.

“Queremos ser a primeira ligação do cliente para o que ele precisa. Como demandam ofertam cada vez um atendimento com o nosso banco de empresas atacadas nasce DNA: de estrutura robusta e um produto de produtos e serviços completos”afirma José Berenguer, CEO do Banco XP, em coletiva online com jornalistas.

XP Banco de atacado: o que vai mudar?

A nova marca reúne serviços e busca a empresas pelo Banco XP apresentar serviços de forma integrada aos clientes. O XP Banco de Atacado integrará seis unidades diferentes.

Tem a XP Corporate, para empresas com receita anual a partir de 700 milhões de reais. O Private, que oferece uma experiência de assessoria de investimentos e gestão de fortunas para e famílias exclusivas.

Além disso, também existe o Banco de Investimentos, Relações Institucionais, Área Internacional e Pesquisa. A unidade que hoje atende as médias empresas internas da Corporate. Ao todo, o XP Atacado terá cerca de 570 profissionais.

Futebol é uma das apostas da XP

Com a mudança, a nova meta da XP é ser o melhor banco de atacado em três anos. Ainda em 2022, a empresa quer chegar a R$ 300 bilhões de ativos sob gestão no Private e, no Banco de Investimento, quer continuar a seguir com a negociação das SAFs (Sociedades Anônimas do Futebol).

Esse movimento ganhou força com a participação da XP em negócios de milhões de reais da SAF com os clubes Cruzeiro, Botafogo e Coritiba da venda de SAF. Pedro Mesquita, o líder da XP Investimento, revelou que tem mais três outros clubes sendo negociados. Porém, ele disse que não pode revelar nomes, alegando que os contratos são sigilosos.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal não Youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Contração muscular. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here